Macaé se prepara para Olimpíada Brasileira de Robótica

Programa #inovareaprender promove trabalhos de inovação, tecnologia e ciência

Por Redação JS em 29/05/2017 12h49
Estudantes da rede intensificaram os estudos e treinos para participar da prova teórica da Olimpíada Brasileira de Robótica 2017, que vai acontecer na sexta-feira (2) nas escolas. Já a segunda fase está prevista para o dia 25 de agosto em local a ser definido. A Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) é uma das programações científicas mais importantes do Brasil. A rede municipal se destaca por participações em olimpíadas e torneios, dentro do programa #inovareaprender, com trabalhos de inovação, tecnologia e ciência.

Em Macaé, a robótica envolve 11 escolas municipais e 1,5 mil estudantes. Além disso, cerca de cinco mil alunos participam indiretamente de outras atividades com os robôs. A proposta, segundo o secretário de Educação, Guto Garcia, é ampliar a robótica para outras escolas. "O trabalho favorece a aprendizagem de várias disciplinas", comenta.

Macaé também está se preparando para a etapa regional, que vai acontecer em julho, na Cidade Universitária. As melhores equipes da fase regional receberão troféus e medalhas e garantem vaga na etapa nacional, que será realizada no final do ano, em Curitiba.

A equipe "Robóticos Daflon", com estudantes da Escola Municipal Edda Moreira Daflon (Imbetiba), vai participar das competições. As aulas são conduzidas pela professora Gilmara Santos e os técnicos Thiago Rangel (Ensino Médio) e Thalles Braga (universitário de Engenharia da Universidade Federal Fluminense).

Já a responsável pela robótica na rede municipal, Luemy Ávila, ressaltou que o #inovareaprender trabalha com linguagem de programação e prototipagem de forma lúdica. Ela afirma que o programa também contribui na transformação do processo educacional. "O projeto se destaca por todos aprenderem juntos e trabalharem em parceria. Todos os envolvidos se tornam pesquisadores e descobrem soluções de problemas de acordo com as demandas de pesquisas", comemora.

Cidade Universitária sedia Núcleo Municipal de Robótica 

As aulas de robótica acontecem nas escolas, mas as estratégias são reforçadas junto aos alunos do quarto ano ao Ensino Médio no laboratório "#inovareaprender" do Núcleo Municipal de Robótica, espaço que funciona na Cidade Universitária. O local realiza atendimento específico aos alunos e universitários, com realização de cursos, oficinas, programação, experiências com protótipos e pesquisas.

A Iniciação à Robótica é uma parceria com empresas, Senai, Sesi, Confederação Nacional da Indústria, universidades Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-Macaé), Federal Fluminense/Polo Macaé e Faculdade Municipal Professor Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS).

Foto: Bruno Campos

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Feminicídio - Editorial JS