Deputada participa de audiência no INEA para discutir ações de revitalização da laguna de Araruama

A ideia é estabelecer parcerias entre as cidades de Araruama e Iguaba Grande, com o objetivo de ampliar ainda mais os projetos de revitalização

Por em 13/07/2016 09h36
A deputada estadual Marcia Jeovani (DEM-RJ) participou nesta terça-feira, dia 12, de uma audiência com a superintendente do Instituto Estadual do Meio Ambiente (INEA) na Região dos Lagos, Marcia Simões, para discutir ações de revitalização da Laguna de Araruama. Ainda participaram da reunião o secretário de Planejamento e Gestão de Projeto do município de Iguaba Grande, Gustavo Camacho, e o secretário de Meio Ambiente do município de Araruama, Alan Tavares.
 
“A ideia é estabelecer parcerias entre as cidades de Araruama e Iguaba Grande, com o objetivo de ampliar ainda mais os projetos de revitalização da Laguna de Araruama, tendo em vista ações importantes de desassoreamento e recuperação de toda a faixa de areia do complexo lagunar. A areia extraída do Canal de Itajuru e de outras áreas assoreadas já é usada na manutenção de diversas praias e hoje existe a necessidade de levar esse material para Araruama, principalmente na Pontinha, onde temos uma Escola de Kite”, destacou a deputada estadual Marcia Jeovani.
 
Para a superintendente do INEA na Região dos Lagos, Marcia Simões, a iniciativa sugerida pela parlamentar já está em estudo. “A parceria se faz necessária, principalmente quando falamos de recuperação da Laguna de Araruama. O projeto foi iniciado em 2005, quando o município de Iguaba Grande participou da licitação que traria benefícios para a região, mas apenas em 2016 foi concedida a autorização, e agora nada melhor do que todos os municípios da Região serem contemplados”, salientou a bióloga.
 
O representante da Prefeitura de Iguaba Grande, secretário de Planejamento e Gestão de Projeto, Gustavo Camacho, também ratificou a importância de se contemplar a cidade de Araruama nessa parceria e disse que a previsão é de 45 dias para o início do trabalho, o que equivale a 5 mil metros cúbicos de areia para fazer a engorda da praia no município que já é considerado a “Capital do WindSurf”.
 
O secretário de Ambiente de Araruama, Alan Tavares, reforçou também com a representante do órgão estadual a necessidade de se fazer uma avaliação mais criteriosa do esqueleto do prédio instalado às margens da Laguna, na Rodovia Amaral Peixoto, no centro.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Outubro Rosa