Maricá decreta calamidade com 360 desabrigados e terá ajuda da Marinha

Grupo de 50 homens da Marinha de Guerra vai até a cidade.

Por G1 - Região dos Lagos em 02/03/2016 08h56

O município de Maricá (RJ) decretou estado de calamidade no início da noite desta terça-feira (1º) por conta da chuva que atinge a cidade. Segundo a Defesa Civil Municipal, 360 pessoas estão desabrigadas. O município pediu ajuda ao Ministério da Defesa. Cerca de 50 homens da Marinha de Guerra chegarão na cidade na quarta (2) para ajudar no trabalho de remoção das famílias isoladas.


De acordo com a prefeitura, os desabrigados foram levados para abrigos em pousadas e igrejas. A região de Itaipuaçu foi a mais atingida pelo temporal, que foi considerado de intensidade máxima. Além disso, as regiões de São José do Imbassaí e do centro foram muito atingidas pela chuva. Segundo o município, três mil pessoas foram atingidas pelo temporal.


A orientação da Defesa Civil é de que as pessoas evitem se deslocar pela cidade em função dos pontos de alagamento. As equipes atendem as emergências pelo telefone 199. Choveu 170 mm nas últimas 24 horas na cidade.


A prefeitura determinou a abertura unilateral do canal da Barra de Maricá. A operação começou pela manhã, pois o nível da água nas lagoas ultrapassou a marca de 65 cm. Segundo o município, o Inea estabeleceu um limite de segurança entre 45 e 60cm, mas a situação era urgente e, por isso, a decisão foi tomada somente pela prefeitura


Gabinete de crise

A Prefeitura instaurou um gabinete de crise devido à situação da cidade, que teve diversos pontos de alagamento por causa da chuva. O município também divulgou telefones em caso de emergência. Os números são 2637-3907, 2637-1987, 3631-2056 e 3731-1488.

Foram instalados três pontos de apoio, localizados no Centro (Paço Municipal), São José do Imbassaí (Escola Municipal Levi Ribeiro) e Itaipuaçu (Centro de Educação Infantil Valéria Passos), com médicos, enfermeiros, assistentes sociais, advogados e administrativos


A prefeitura organizou seis pontos de recolhimento de doações. Roupas, alimentos não perecíveis e itens de higiene pessoal podem ser entregues nos seguintes locais:


Escola Municipal Levi Ribeiro – Rua B, s/n, São José Imbassaí;

Centro de Educação Infantil Valeria Passos – Rua Deoclecio Machado, s/n (antiga Rua 8), Jardim Atlântico – Itaipuaçu;

Todos os CRAS;

Paço Municipal – Rua Alvares de Castro, 346, Centro;

Sal da Terra – Rua Alvares de Castro, Centro;

Igreja Unção do Crescimento – Avenida Carlos Marighella – Itaipuaçu.


Matéria: G1.com
Foto: Lei Seca Maricá

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano