Marinha vai utilizar magnetômetro para retomar buscas por caça e piloto

Aeronave e militar sumiram no mar de Saquarema, RJ, no dia 26 de julho. Instrumento é utilizado em medidas de intensidade de campo magnético.

Por G1.com em 12/09/2016 10h39

Marinha vai utilizar um magnetômetro, equipamento utilizado em medidas de intensidade de um campo magnético, para tentar encontrar vestígios do caça AF-1 Skyhawk e, consequentemente, do piloto, que desapareceram no mar de Saquarema, RJ, no dia 26 de julho, após um acidente aéreo. Segundo a companhia, as buscas, que foram paralisadas na semana passada, serão retomadas nos próximos dias, assim que os navios receberem o equipamento, com características especiais, que irá ampliar as capacidades das embarcações em procurar a aeronave.


Nesta terça-feira (13), os militares serão treinados para utilizar o instrumento, que é baseado em um tipo de sensor, que converte o campo magnético em um sinal elétrico. Com o magnetômetro, a Marinha espera varrer o litoral de Saquarema e as adjacências de Maricá Arraial do Cabo para tentar encontrar algum sinal dos equipamentos do caça.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Corrupção sem fim!