Marquinho Mendes é multado pelo TCE por irregularidades em contratação de empresa para limpeza

Prefeito de Cabo Frio também deve prestar esclarecimento à polícia na Operação Basura

Por em 14/12/2017 09h31
Marquinho Mendes (PMDB), prefeito de Cabo Frio,  foi multado pelo Tribunal de Contas do Estadual (TCE-RJ) em R$ 25.599, 20. A multa foi deliberada na sessão de terça-feira (12) por irregularidades em um edital para a contratação de uma empresa para serviços de limpeza pública na cidade. A assessoria de comunicação de Marquinhos informou que ele ainda não foi notificado.

A multa é em relação ao edital 001/2017, que previa a contratação de uma empresa para coleta de lixo. Os conselheiros avaliaram que havia vícios e problemas técnicos no edital. Segundo o Tribunal, em vez de resolver os problemas apontados, a Prefeitura optou por contratar emergencialmente a Prime para prestação de serviços à Comsercaf.

A Comsercaf e a Prime são investigadas pelo Ministério Público do Rio de Janeiro e pela Polícia Federal pela suspeita de R$ 60 milhões. Quatro pessoas foram presas na Operação Basura.

Segundo o TCE-RJ, o prefeito foi notificado para prestar esclarecimentos sobre os problemas encontrados na licitação, e não o fez, nem apresentou justificativas para as falhas.



Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Assédio - Editorial JS