Menor de 15 anos é suspeito de assassinar psiquiatra em Cabo Frio

Em oitiva, testemunhas relataram que um travesti acompanhava o menor no momento do crime.

Por Redação JS em 17/08/2016 18h50

A Polícia de Cabo Frio procura por um menor de 15 anos, que é suspeito de ter matado o psiquiatra Adilson Bechara, de 65 anos, a facadas, na Praia do Forte, em Cabo Frio, na madrugada do último domingo (14).


As investigações estão sendo conduzidas pelo delegado, Dr. Carlos Abreu, titular da 126 DP, e apontam para latrocínio (roubo seguido de morte). Segundo o delegado, já foi decretado um mandado de busca e apreensão para o menor. Em oitiva, testemunhas relataram que um travesti acompanhava o menor no momento do crime.


As investigações dão conta de o menor teria exigido dinheiro do médico, em seguida golpeado com uma faca no tórax. A vítima chegou a ser levada para o Hospital Central de Emergência (HCE), porém não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito.


Dr. Adilson Bechara trabalhava na Clínica Esfera PSI e era diretor do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Cabo Frio.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada