Militares do Exército morrem em acidente na BR-101

A viatura em que eles estavam bateu na traseira de um ônibus.

Por Redação JS* em 28/06/2016 07h47

Quatro militares lotados na 9ª Bateria de Artilharia Antiaérea de Macaé, no interior do Rio, morreram nesta segunda-feira (27) em um grave acidente na BR-101, na altura de São Gonçalo. Segundo informações do Comando Militar do Leste, eles iam para o Hospital do Exército e o veículo em que estavam se chocou com a traseira de um ônibus.


Os quatro militares estavam em um veículo oficial e morreram no momento do acidente. De acordo com a Autopista Fluminense, concessionária que administra a rodovia, outras duas pessoas ficaram feridas e foram atendidas e liberadas no local. 



Ainda segundo a concessionária, o congestionamento chegou a cerca de 5 km e a pista foi liberada por volta das 10h, cerca de quatro horas após o acidente.


O Comando informou que está prestando apoio aos familiares. As 4 vítimas: Patrick Soares Pessanha, João Vitor Leandro Conca, Diulio Epitácio Santos da Silva e o Sargento Natal Messias Mateus. De acordo com as primeiras informações da Polícia Rodoviária Federal, a placa do veículo, KYY 7877, foi considerada "fria" (quando o veículo não tem um registro) e, dentro do carro, foi encontrado um documento de identificação militar. Posteriormente, a PRF confirmou que o veículo é do serviço reservado do Exército.

Nota do Exército:


"Lamentamos informar que hoje, 27 de junho de 2016, por volta das 6h30, uma viatura militar da 9ª Bateria de Artilharia Antiaérea, sediada em Macaé/RJ, colidiu com um ônibus na BR-101, próximo à altura do shopping São Gonçalo, no Rio de Janeiro. Os quatro militares, que estavam deslocando-se a serviço para o Hospital Central do Exército, faleceram no local."

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Outubro Rosa