Mulher suspeita de forjar a própria morte é presa pela PF em Bom Jesus do Itabapoana

Companheiro recebeu indevidamente, durante oito anos, pensão previdenciária.

Por Redação JS em 02/06/2017 05h09
A Polícia Federal prendeu na tarde desta quinta-feira (01) uma mulher de 32 anos em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça Federal de Macaé. Ela é suspeita de forjar a própria morte e estava foragida há cerca de um ano. A suspeita foi localizada escondida na residência de sua mãe, no bairro Pimentel, em Bom Jesus do Itabapoana, no Noroeste Fluminense.

Segundo a PF, as investigações apontaram que há cerca de oito anos a presa forjou a própria morte com o objetivo de permitir que seu companheiro, de 47 anos, recebesse durante todo esse período, de forma irregular, o benefício de pensão previdenciária. O homem já havia sido preso em Araruama.

A mulher foi indiciada por estelionato, falsidade ideológica, associação criminosa e uso de documento falso.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Feminicídio - Editorial JS