“Nós não podemos desperdiçar dinheiro público”, afirma Cacau

Candidato a Prefeitura de Arraial do Cabo fala sobre seus planos para o município

Por Redação JS em 19/09/2016 12h03
Na manhã desta segunda-feira, dia 19, o Portal JS e a Rádio Litoral FM entrevistaram o candidato a Prefeitura de Arraial do Cabo, Cacau, do PSDC. Confira as propostas de governo do candidato para o município: 

Portal JS: Qual será o seu primeiro ato, caso eleito?
C – O primeiro ato vai ser uma força tarefa, onde nós vamos ter que atuar em todas as áreas, já que  nós sabemos que tudo está comprometido em nosso município. Vamos ter que atuar na Saúde, Educação, Coleta do Lixo, no Turismo, já que vai ser alta temporada.

Portal JS: O que o seu Plano de Governo tem para a Educação?
C – A Educação é um fator muito importante para o desenvolvimento do nosso município, porque é através dela que tudo se inicia. Temos que investir nos salários dos professores, preparação do jovem para o futuro, então, vamos ter que trabalhar de uma forma bem planejada para que a gente possa ter uma Educação com eficácia e integral. 

Portal JS: O que você preparou para o Turismo?
C – O Turismo é o carro chefe do nosso município. Arraial do Cabo já é conhecida internacionalmente como a cidade das belas praias. Mas para nós termos um bom Turismo, precisamos investir no comércio local, saneamento básico, pesca, ou seja, no desenvolvimento total do município. Nós temos um problema crônico que é o passeio de barco, hoje esse passeio e a marina dos pescadores estão conturbadas por falta de infraestrutura. Precisamos fazer um novo layout da cidade, uma nova rodoviária, enfim, para desenvolver o Turismo precisamos fazer altos investimentos. 

Portal JS: E quanto a Pesca?
C – A primeira escola de pesca que teve em Arraial do Cabo foi na casa do meu avô. Eu acho que a pesca da cidade tem que manter a tradição da pesca artesanal, separar a marina dos pescadores e da turística. Para desenvolver a pesca, precisamos ter uma visão específica para o pescador. Temos que fazer a Cooperativa de Pesca.

Portal JS: O Emprego é uma preocupação do país e Arraial do Cabo tem os seus problemas desde que a Álcalis faliu.  O que o senhor teria para essa área?
C – Nós já temos um fator que desfavorece por sermos fim de linha, isso dificulta o nosso capital de giro no município. Para desenvolver a questão de emprego, temos que incentivar as empresas com incentivo fiscal, aproveitando que nós temos as áreas da Álcalis, que pode ser bem explorada. Fazer uma parceria com a Nova Álcalis. Para que a gente possa incentivar a vinda de empresas, para fazermos uma parceria e gerar emprego. Temos que pensar também em nosso comércio local, por isso temos que ter uma visão macro da coisa. A visão macro vai permitir uma condição adequada para o nosso município, sabemos que a característica de Arraial do Cabo é turista, mas isso não impede de a gente desenvolver empregos em outras áreas. 

Portal JS: Quando falamos de Arraial do Cabo temos que levar dos distritos: Monte Alto, Figueira, que por estarem um pouquinho distante do Centro da Cidade, às vezes as pessoas reclamam que muitas coisas não chegam. O que o senhor tem para esses moradores?
C – O Segundo Distrito é uma área que sempre foi discriminada pelos prefeitos que passaram em nosso município. O meu avô, por parte de pai, era salineiro, família tradicional de Monte Alto e nós temos um projeto de saneamento básico. De criarmos uma fábrica de galerias de águas pluviais, vamos instalar no Segundo Distrito, gerando 600 empregos. A finalidade é de a gente desenvolver o saneamento básico, onde nós vamos obrigar as prestadoras de serviço, faz as instalações nas galerias.

Portal JS: E quanto à Saúde?
C – Temos um projeto de criarmos o nosso hospital como um Hospital Escola. Nós já temos contato, onde temos amigos que querem nos ajudar nessa parte. O objetivo de criar esse hospital é para desafogar os Postos de Saúde, com isso, vamos poder colocar em todos os bairros uma UTI Móvel e um médico emergencial, por que temos ali a situação do Segundo Distrito que se alguém passar mal é capaz de morrer no meio do caminho. 

Portal JS: E a Cultura?
C – Nós temos um projeto chamado “Redescobrindo Arraial do Cabo Frio”, onde vamos desenvolver a guarda de honra imperial do nosso município. Vamos pegar a Guarda Municipal e criar uma academia de preparação. Esse projeto vai atuar na parte cívica, histórica e cultural. Nós temos ai a construção de um Teatro Municipal que o prefeito está fazendo, que eu não vejo como prioridade, mas já que está começando, nós temos que terminar. Nós não podemos desperdiçar dinheiro público, esse é o nosso objetivo. Nós vamos dar continuidade as obras dos outros prefeitos para não ter desperdício.

Portal JS: Quais as suas considerações finais?
C – Eu quero chamar a atenção do eleitor na responsabilidade. Nós temos mania de culparmos os políticos por não fazerem a coisa certa. Eu hoje como candidato, venho chamar a atenção do eleitor pela responsabilidade e não pela continuidade. Sou trabalhador de carteira assinada e nosso projeto é trabalhar com amor, com responsabilidade.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano