Novembro Azul

Por em 09/11/2015 16h09

Após o Outubro Rosa, o mês de novembro é internacionalmente dedicado às ações relacionadas ao câncer de próstata e à saúde do homem.  É o chamado “Novembro Azul, que visa chamar atenção para a realização dos exames preventivos e a importância do diagnostico precoce da doença.


O câncer de próstata é o tumor mais freqüente no homem, atrás apenas dos tumores de pele. Segundo o Instituto Nacional do Câncer, é o sexto tipo mais comum no mundo. Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa. Muitos homens não apresentam nenhum sintoma ou, quando apresentam, é semelhante ao crescimento benigno da próstata. Quando diagnosticada precocemente, as chances de cura da doença são de, aproximadamente, 90%


A recomendação é que homens a partir de 50 anos procurem um urologista para realizar os exames preventivos anualmente. Indivíduos com história familiar de câncer de próstata, sedentários e obesos devem iniciar a prevenção a partir dos 45 anos, pois possuem maior risco de desenvolver a doença. Os exames indicados são o toque retal e a dosagem do PSA sérico.


Caso a doença seja comprovada, o médico pode indicar radioterapia, cirurgia ou até tratamento hormonal. Para doença metastática (quando o tumor original já se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento escolhido é a terapia hormonal. A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.


Por isso, fica um alerta para os homens, fiquem atentos a sinais como dificuldade, dor ou ardor ao urinar, presença de sangue na urina ou sêmen e ejaculação dolorosa. Cuidem-se e não deixem de fazer o exame por preconceito ou vergonha, o diagnóstico precoce pode salvar sua vida.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Feminicídio - Editorial JS