Parto normal X Cesárea

Por Vilma Matos em 27/06/2016 16h51

Por uma decisão do Conselho Federal de Medicina anunciada nesta segunda-feira (20), as mulheres só vão poder agendar uma cesária a partir da 39ª semana de gravidez.


É uma regra para ser seguida nos hospitais públicos e privados. Agora, não havendo situação de risco para a mãe nem para o bebê, a determinação do Conselho é que a cesárea agendada seja feita a partir da 39ª semana de gestação.  


O número de cesáreas realizadas no Brasil ultrapassa a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). O país é apontado como o líder em cesarianas, mais de 52% dos partos realizados são por cesárea, aumentando ainda mais este índice nos partos realizados na rede particular.


Este número elevado está relacionado à comodidade dos profissionais em agendar seus compromissos e aquelas mães, por medo ou também por comodidade, têm optado pela cesariana.


Há muitos questionamentos sobre este assunto, vamos fazer uma pequena comparação entre o parto normal e a cesariana.


O parto normal é melhor para a mãe e para o bebê, pois a recuperação é bem mais rápida e o risco de infecção da mãe é menor porque há menos sangramento e o bebê também tem menos risco de apresentar problemas respiratórios.


Já a cesariana pode ser a melhor opção de parto em alguns casos. Quando o bebe está sentado, quando ele está com a cabeça para baixo, mas com inclinação errada, quando há suspeita de descolamento da placenta, etc.


A gravidez é um momento muito importante na vida de uma mulher, e o tipo de parto deverá ser um assunto bastante discutido entre médico e paciente.  

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Corrupção sem fim!