Pesquisa Datafolha mostra um inicio de recuperação do PT

Por Mateus Moreira em 11/04/2016 11h48

Uma pesquisa feita pela Datafolha e divulgada pela Agencia Brasil no ultimo Domingo (10), mostram que 61% das pessoas são a favor do impeachment da Presidente Dilma Rousseff e que 63% das pessoas consideram o governo Ruim ou Péssimo. Segundo a publicação houve uma melhora para a presidente em relação à pesquisa realizada no mês passado nos dois quesitos analisados, onde 68% eram a favor do impeachment e 69% tinham uma avaliação contra o governo.


A pesquisa também apresentou uma recuperação das intenções de votos para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições presidenciais de 2018. A pesquisa apontou quatro cenários e em todos eles Lula obteve entre 21% e 22% das intenções de votos. A candidata Marina Silva, da Rede Sustentabilidade, aparece com índices próximos ao de Lula, às intenções de votos variam de 16% a 23%, dependendo de quem seja o candidato do PSDB na disputa.


Os candidatos tucanos apresentaram quedas nas intenções de votos em comparação a pesquisas feitas anteriormente, na comparação com uma pesquisa feita em dezembro de 2015, Aécio Neves (PSDB) caiu 10 pontos percentuais, passando de 27% para 17%. Geraldo Alckmin (PSDB) caiu cinco pontos no mesmo período, passando de 14% para 9%; e José Serra (PSDB) registrou queda de 4 pontos (de 15% para 11%).


Outro que apresentou um índice de rejeição muito grande foi o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). De acordo com a pesquisa, 73% das pessoas são favoráveis a sua renuncia e 77% são a favor da sua cassação.


Comissão da Câmara analisa nesta segunda parecer sobre pedido de impeachment


Nesta Segunda-Feira (11), a comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa o pedido do Impeachment da Presidenta Dilma Rousseff irá votar sobre o relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), que é favorável ao afastamento da presidenta.  


A expectativa é de que o relatório seja lido na primeira sessão plenária, após a votação na comissão. Após a leitura ele será publicado, que deve ocorrer somente na próxima Quarta-Feira (13), dando, assim, inicio ao prazo de 48 horas para que seja votado pela plenária. Com isso, as discussões serão iniciadas sexta-feira (15) e a previsão é de que a votação tenha conclusão somente no domingo (17)

 

 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Deus está no controle