Plano Participativo de Mobilidade Urbana chega ao Centro de Cabo Frio

Encontro será nesta terça (27), às 18h30, no Charitas

Nesta terça-feira (27), às 18h30, moradores do Centro de Cabo Frio e bairros adjacentes participarão de uma reunião do Plano Participativo de Mobilidade Urbana. Este será o quarto encontro realizado pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, que já passou pelo Peró, Tamoios e São Cristóvão. A quinta e última reunião da série será no bairro Jardim Esperança.

Para o encontro desta terça estão convidados moradores e comerciantes do Centro, Algodoal, Boca da Barra/Lido, Buraco do Boi, Itajuru, Jardim Excelsior, Jardim Flamboyant, Marlim, Morubá, Nova Brasília, Novo Portinho, Parque Central, Parque Riviera, Passagem, Portinho, Praia do Forte, São Bento, São Francisco, União, Vila Blanche e Vila Nova. O objetivo é discutir ações para melhorias no trânsito, estacionamentos, transporte público, ciclovias, acessibilidade e pedestres no município, ouvindo quem vive nos bairros e conhecendo de perto os desafios de cada local para uma construção organizada e democrática do plano de mobilidade.

Para o secretário de Mobilidade Urbana, Mauro Branco, a participação da sociedade é fundamental para a construção do Plano: “É muito gratificante ver as pessoas saírem do conforto de seus lares para dar sua contribuição no Plano de Mobilidade. Isso nos incentiva, nos motiva a continuar trabalhando por uma Cabo Frio com mais qualidade de vida para todos nós que partilhamos nossa cidade”, conta ele.

O calendário de elaboração do Plano de Mobilidade Urbana de Cabo Frio ainda prevê ações como pesquisas complementares e eventos técnicos (com especialistas), além dessas reuniões setorizadas com participação da sociedade. A previsão é de que a definição das propostas aconteça em abril. Após a consolidação do Plano em forma de Projeto de Lei (PL), ele será encaminhamento à Câmara Municipal de Vereadores para aprovação.

O Plano foi lançado junho de 2017, no auditório da Prefeitura. Os delegados inscritos participaram de uma capacitação no início de novembro que teve por objetivo transmitir conceitos sobre mobilidade urbana utilizados na política nacional (Lei 12.587 de 2012).

Cerca de 100 delegados participaram das palestras promovidas pela Secretaria de Mobilidade Urbana, discutindo temas como “a cidade que queremos” e “como construir a cidade que queremos”. A ideia é que os delegados possam agir como formadores de opinião para difundir os conhecimentos em seus bairros. A previsão é que o plano seja colocado em prática ainda no fim do primeiro semestre do ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here