Polícia Federal faz operação para combater crimes eleitorais na Região dos Lagos

Objetivo é cumprir cinco mandados de prisão e sete de condução coercitiva.

Por G1.com em 18/10/2016 09h38

A Polícia Federal realiza uma operação com o objetivo de desarticular grupos criminosos que exerciam cargos políticos ou disputavam eleições para cargos de prefeito e vereador em Cabo frio e Saquarema, na Região dos Lagos do Rio. A Operação Sufrágio Sertanejo acontece nesta terça-feira (18) para cumprir cinco mandados de prisão e sete de condução coercitiva (quando o suspeito é conduzido pela polícia para depor) expedidos pela Justiça.


As investigações indicam que políticos ocupavam cargos públicos, segundo a polícia, "na base do chamado 'coronelismo', muitas vezes cooptando votos em troca de benefícios irregulares". A suspeita é que os investigados realizavam boca de urna e compravam votos, tendo como contrapartida a distribuição de diversos bens, entre eles medicamentos e combustível, fornecimento de atestados médicos e receitas médicas controladas em branco, assim como benefícios em um hospital de grande porte.


Foi detectado também que um líder religioso teria aceitado dinheiro com a finalidade de fazer campanha para candidatos durante ato religioso. Os mandados foram expedidos pela 62ª Zona Eleitoral de Saquarema.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Corrupção sem fim!