Prefeitos da região vão a Brasília, mas voltam de mãos vazias

Por Redação JS em 04/03/2016 13h59

Prefeitos e representantes das prefeituras que fazem parte da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro) foram recebidos nesta quinta-feira, dia 03, em Brasília, pelo secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira, que representou o ministro da Fazenda Nelson Barbosa, buscando soluções para a crise financeira gerada pela queda do valor do barril de petróleo que diminuiu os royalties recebidos nos últimos meses.

 

Participaram da reunião além do presidente da Ompetro, o prefeito de Macaé, Doutor Aluízio Júnior, a prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, junto com o secretário de governo do município Anthony Garotinho, o prefeito de São João da Barra, José Amaro Martins de Souza Neco, o de Cabo Frio, Alair Corrêa, além da deputada federal Clarissa Garotinho, e de secretários municipais de diversos municípios. Em nota, o prefeito de Cabo Frio lamentou não ter conseguido empréstimo. “Ainda não foi desta vez que retorno para Cabo Frio com a garantia do dinheiro que nossa cidade perdeu. Lembrando que só em 2015 a perda foi de R$ 296 milhões de reais”, disse.

 

Em seu blog, a deputada Clarissa Garotinho afirmou que “solicitamos o aumento do teto de concessão de financiamento aos entes federativos em função das perdas com os royalties. Os municípios estão fazendo a sua parte para enxugar a máquina e continuar prestando os serviços à população, mas essas cidades foram duplamente atingidas, sofrem com a crise econômica do país e sofrem com a queda do preço do petróleo”, escreveu Clarissa, afirmando que na semana que vem acontece mais uma rodada de negociações com o Ministério da Fazenda.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Famílias destruídas