Prefeitura aldeense realiza terceiro encontro de turma do PNAIC

Participaram da reunião cerca de 200 educadores do primeiro segmento da rede de ensino municipal

Por Redação JS em 29/05/2017 12h21
A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria Municipal de Educação, promoveu o terceiro encontro da formação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Participaram da reunião cerca de 200 educadores do primeiro segmento da rede de ensino municipal, entre professores do 1º ao 3º ano e supervisores pedagógicos. Com duração de 4h, os encontros são realizados de forma mensal no Centro de Formação Continuada Professora Ismênia Trindade dos Santos (CEFOR).
 
A pauta do terceiro encontro teve como objetivo compreender a importância da sequência didática como um recurso pedagógico para facilitar a aprendizagem dos alunos no ciclo de alfabetização, aprofundando o conhecimento sobre o gênero textual “conto de fadas”.
 
De acordo com a coordenadora do primeiro segmento, Elizângela Regueira, a pauta vem na proposta de suprir a necessidade do professor. “Hoje percebemos que algumas avaliações e planejamentos estão sendo contextualizados, isso é preciso para a aprendizagem ser mais significativa. O terceiro encontro propõe isso, a sequência didática para poder dar sentido ao conteúdo, proposta dada na sala de aula”, afirmou.
 
Segundo a supervisora da rede de ensino nas Escolas Municipais Carolta Rocha da Silva, no bairro Ponta do Ambrósio e Jamila Mota da Silva, no bairro São João, Filomena Braga, a formação é uma forma diferente e prazerosa de ver os alunos crescerem. “O aluno em casa não tem tantos recursos como dentro da escola, então é uma forma diferente de aprendizagem e isso é enriquecedor. O momento em que a escola é prazerosa, nós temos o aluno. Com isso evitamos a evasão escolar, o aluno não falta aula, ele vibra com cada momento em que a professora está ali. Eles ficam felizes”, disse.  
 
O PNAIC garante a formação continuada dando ênfase ao trabalho dos professores alfabetizadores, tendo como protagonista o aluno. Para que este trabalho seja bem aceito e desejado pelos professores alfabetizadores é necessário à compreensão e parceria de todos os participantes do âmbito escolar, começando pela equipe da Secretaria de Educação, selando o pacto de compromisso e responsabilidade pela alfabetização do município.
 
A professora do 1° ano da Escola Municipalizada Pequiá, no bairro Rua do Fogo, Roberta Carvalho faz o PNAIC há três anos e afirma que a formação vem acrescentando muito na sua prática pedagógica. “A equipe sempre me auxiliou na questão da prática. A presença deles é frequente na escola, onde podemos fazer uma parte bem divertida para as crianças dentro da própria unidade escolar, melhorando a prática docente dentro da sala de aula”, declarou.
 
Já a professora do 3° ano, da Escola Municipal Jardim Primavera, no bairro de mesmo nome, Mariana Andrade, diz que a capacitação vem sendo muito importante, pois a equipe dá um suporte, com material didático muito valioso, que ajudam na aprendizagem do dia a dia com os alunos. “Precisamos trazer para os encontros do PNAIC a prática que aprendemos durante cada encontro, levar o que temos feito na sala de aula, mostrando fotos e relatando a atividade. E mesmo fora do horário de curso, a equipe se coloca à disposição para ajudar”, finalizou.

Fotos: Lilian Souza

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada