Prefeitura antecipa parcela do 13º dos servidores e injeta mais de 25 milhões em Rio das Ostras

Planejamento e medidas de economia garantem pagamento dos servidores mesmo com crise econômica

Por em 17/06/2016 08h48
O município vai antecipar, para este mês, o pagamento da metade do 13º salário dos servidores.  O adiantamento não vai afetar a prestação de serviços nas áreas de Saúde e Educação, prioridades do governo. Com a medida, serão injetados mais de 25 milhões na economia da cidade.
 
O vencimento do funcionalismo é muito importante para movimentar o comércio, gerar renda e manter empregos. Esses recursos, que serão depositados no próximo dia 30, chegam em um momento em que a cidade e a Região enfrentam uma das piores crises econômicas da história, com grande queda no volume de vendas e aumento do desemprego.
 
As empresas da Região vêm reduzindo seus quadros profissionais. Atualmente, muitos servidores de Rio das Ostras estão arcando com todo o orçamento doméstico, já que tiveram familiares demitidos de seus empregos na iniciativa privada.
 
ANTECIPAÇÃO - A mesma iniciativa foi tomada no ano passado, quando os servidores também receberam antecipadamente o 13º salário, que teve a primeira parcela paga no final de agosto e a segunda, no dia 27 de novembro.
 
ECONOMIA – A Prefeitura vem realizando uma série de medidas de redução dos gastos públicos para honrar o pagamento do funcionalismo e manter os serviços essenciais. Entre as medidas estão revisão e diminuição de contratos, contingenciamento de despesas e o controle rígido dos gastos com energia elétrica, combustível, telefone e aluguéis. 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada