Prefeitura de Rio das Ostras busca facilitar o financiamento dos imóveis pela Caixa

Reunião com Superintendência da Caixa Econômica Federal aconteceu nesta terça-feira, dia 28

Por em 28/06/2016 20h12

Criar soluções que ajudem a aquecer o mercado da construção civil em Rio das Ostras, tanto na hora da construção como na comercialização dos imóveis. Este foi o objetivo da reunião realizada nesta terça-feira, 28, na Superintendência da Caixa Econômica Federal, em Campos dos Goytacazes. O prefeito Alcebíades Sabino, o superintendente regional do Norte Fluminense da Caixa Econômica Federal, Denis Matias, e representantes de entidades de classe de Rio das Ostras, ligados a construção civil, conversam, por videoconferência, com a gerente Nacional Habitacional, Maria Carmem Amorim, que estava em Brasília.

 
O prefeito Sabino destacou que a arrecadação do Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) caiu 1/3 desde quando as novas regras para aprovação de financiamento de imóveis foram colocadas em prática. Isso porque houve uma queda nas vendas de imóveis e, em consequência, um aumento do desemprego, já que a construção civil absorve uma grande quantidade de trabalhadores.
 
A Caixa Econômica Federal exige atualmente, na hora de liberar o financiamento do imóvel, que o mesmo tenha sido construído em área com infraestrutura como rede de água, esgoto e pavimentação. Estas exigências têm impactado os empresários do setor de construção em Rio das Ostras, já que algumas localidades ainda não oferecem esta infraestrutura.
   
“A Administração Municipal entende que a Caixa Econômica tem  que fazer exigências no processo de aprovação dos imóveis pela instituição, mas também deveria rever alguns conceitos, principalmente para cidades jovens como Rio das Ostras. Sofremos com a implantação de rede de esgoto e água, que é de competência da Companhia Estadual de Águas e Esgoto – Cedae. Com o crescimento populacional surgiram novas localidades, aumentando a oferta de imóveis que não atendem a todas as exigências da Caixa”, avaliou Sabino.
 
A gerente Nacional de Habitação da Caixa Econômica Federal, Maria Carmem Amorim, por videoconferência, destacou que a instituição está de portas abertas para discutir estas demandas, que serão levadas à diretoria do órgão. As reivindicações do Prefeito Alcebíades Sabino são apoiadas por representantes do Conselho Regional de Engenheiros e Arquitetos – Crea, da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Rio das Ostras – Aero e da Associação dos Corretores de Imóveis de Rio das Ostras.
  
PRAZO - O prefeito Sabino deixou um documento elaborado pelos diversos segmentos da sociedade civil interessados, em conjunto com a Administração Pública, solicitando uma avalição da Caixa Econômica Federal. A gerente nacional, Maria Carmem, ficou de apresentar, no prazo no máximo de 15 dias, uma resposta ao Poder Público Municipal.  

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Corrupção sem fim!