Profissionais da Educação de Cabo Frio decidem paralisar nos sábados letivos

Assembleia do Sepe Lagos decide paralisar nos sábados letivos e fará ato dia 19.

Por Redação JS em 16/04/2016 12h54

Em Assembleia do Sepe Lagos, realizada ontem em Cabo Frio, os profissionais da educação decidiram que irão paralisar em todos os sábados letivos até o pagamento dos salários até quinto dia útil e o décimo terceiro salário.


Foi decidida ainda a realização de ato na terça-feira (19), em frente à Prefeitura, com paralisação da rede municipal.


O sindicato diz que irá iniciar uma campanha contra a “perseguição política sofrida por dois companheiros grevistas, por parte do governo municipal”.


“Nos 4 anos do governo Alair, fui vítima dessas tentativas de golpe 3 vezes, quando o governo tentou me impedir de dar aulas no Colégio Municipal Rui Barbosa, sabemos - e o Ministério Público cita isso em seu parecer - por pura perseguição política”, disse o professor Rafael Peçanha.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Outubro Rosa