Profissionais da Educação e Saúde de Cabo Frio decidem continuar a greve

Servidores só voltarão ao trabalho quando todos os salários forem pagos

Por em 29/06/2016 10h37
Na noite da última terça-feira, dia 28, em assembleia na Escola Edilson Duarte, os profissionais do Sepe Lagos decidiram pela continuidade da greve na Educação de Cabo Frio.

Os servidores da Educação e também da Saúde decidiram, por unanimidade, pela continuidade da greve, até que todos os salários sejam pagos.

Foi aprovado o seguinte calendário:
- 29/06 (quarta-feira) - ato em frente à secretaria de Educação;
- 30/06 (quinta-feira) – acompanhamento da sessão e ato na Praia do Siqueira, com concentração às 16h;
- 01/07 (sexta-feira) – quadrilha em frente à prefeitura, às 15h;
- 04/07 (segunda-feira) – ato no Hospital do Jardim Esperança, às 10h;
- 05/07 (terça-feira) – acompanhamento da sessão, com ato;
- 06/07 (quarta-feira) – concentração na Praça de São Cristóvão às 9h, com saída do ônibus em direção ao 2º Distrito. Ato em frente ao Poliesportivo;
- 07/07 (quinta-feira) – acompanhamento da sessão e assembleia no Edilson Duarte, às 18h.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada