Programa VivaVôlei chega a Búzios

Foi instituído, para educar e socializar e para a aprendizagem do voleibol

Por Ascom Búzios em 26/11/2015 10h40
A OAB de Búzios está levando para a cidade o VivaVôlei, um Programa de iniciação ao voleibol cujo sentido é educar e socializar meninos e meninas de 7 a 14 anos através do esporte.
 
O prefeito André Granado esteve nesta terça-feira, dia 24 de novembro, reunido com os organizadores a fim de apoiar a realização deste projeto.
 
O VivaVôlei foi iniciado em 1999 pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), a entidade máxima da modalidade no país e em 2003 a CBV criou o Instituto VivaVôlei (OSCIP) para gerenciar o Programa. Este projeto tem a autorização e o apoio institucional da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). Através desta parceria, os professores são capacitados para desenvolver nos alunos uma cultura de paz, baseada na inclusão do outro, através da cooperação, da socialização, do diálogo, do respeito e da criação de um espaço saudável de convivência.
 
Foi instituído, para educar e socializar e para a aprendizagem do voleibol, o “mini-vôlei” como um método de iniciação simplificado e adaptado às capacidades e necessidades das crianças, tendo como princípio básico a formação lúdica, com formação de turmas mistas de crianças de 07 a 14 anos, adequação do tamanho da quadra, do peso da bola, altura da rede e das regras do jogo a esta faixa etária. Através de sua força atrativa e complexidade psicomotora, esta atividade auxilia no ensino esportivo, contribuindo para o desenvolvimento físico, social, intelectual e emocional da criança, dentro de princípios de estímulo ao espírito de cooperação e a competições não-agonísticas.
 
Os principais objetivos do programa são:
 
- Atender às comunidades de baixa renda em todo o Brasil
- Educar e socializar as crianças através do esporte
- Reduzir a evasão escolar
- Promover a integração e inserção social
- Afastar as crianças da criminalidade e das drogas
- Ensinar os valores éticos e morais da cidadania através do esporte
- Difundir e democratizar a modalidade voleibol em todo o Brasil
- Estimular o aprendizado do voleibol nas escolas, clubes, praças e condomínios.




Fotos: Ronald Pantoja

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial O Rio pede socorro!