Projeto pode garantir utilidade pública estadual para as Amigas da Mama de Cabo Frio

Proposição vai para a segunda discussão na quinta-feira, dia 09

Por Redação JS em 07/06/2016 14h21
Em votação no plenário da Alerj, foi aprovado, em primeira discussão, o projeto de lei n°880/2015, de autoria do deputado estadual Jânio Mendes (PDT-RJ) e co-autoria da deputada estadual Marcia Jeovani (DEM-RJ), que considera a Associação das Amigas da Mama de Cabo Frio – AAMA - como instituição de utilidade pública estadual. A proposição vai para a segunda discussão na quinta-feira (9). 

O benefício permite que a AAMA seja inserida nos programas de assistência social do estado para captação de recursos e proporciona deduções fiscais no imposto de renda e outros impostos, como o ITCD, ICMS, ISS, IPVA e IPTU. A certificação tem validade de dois anos, sendo prerrogativa para a assinatura de alguns convênios.

"O objetivo desse projeto de lei é aumentar e promover ainda mais a assistência e atendimento social aos usuários da associação no município de Cabo Frio e cidades vizinhas. Estou muito feliz porque essa instituição atente e ampara as portadoras de câncer de mama e tem ainda a preocupação de manter elevada a autoestima de cada paciente assistida. Pude sentir isso de perto durante visita à sede da associação”, destacou a deputada estadual Marcia Jeovani.

A Associação das Amigas da Mama de Cabo Frio foi fundada em 07 de março de 2005 e atende aproximadamente 12 mil pessoas por ano, tendo como objetivo principal assistir e amparar portadoras de câncer de mama e de neoplasias, assim como lutar pela preservação de sua dignidade e direitos.

A AAMA está localizada na Rua Rui Barbosa, 273 – Centro, Cabo Frio/RJ.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano