Projeto premia escola de Búzios

O projeto durou 45 dias e deu ênfase ao protagonismo juvenil, à integração familiar e à aproximação escola/comunidade. Todas as disciplinas foram envolvidas e os professores participaram de um momento de transferência de tecnologia.

Por em 14/12/2015 12h37

O ‘Projeto Energia que Educa’, apoiado pela Ampla e desenvolvido pelos CIEDS (Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável), realizou, na sexta-feira, dia 11, a premiação dos alunos da Escola Municipal Nicomedes Theotônio Vieira. A escola foi contemplada com um, um notebook, um projetor e um link que permitirá aos alunos o livre acesso à internet. Aos alunos que se destacaram, foram distribuídos diversos prêmios como celulares, pen drive, fones, etc.


Os alunos foram vencedores da Gincana de Conscientização do Uso de Energia. Oito escolas de Búzios participaram do Projeto, sendo três particulares e cinco públicas.


O projeto durou 45 dias e deu ênfase ao protagonismo juvenil, à integração familiar e à aproximação escola/comunidade. Todas as disciplinas foram envolvidas e os professores participaram de um momento de transferência de tecnologia.


De acordo com o agente educador, Matheus Campos, o objetivo do projeto é difundir "a conscientização do uso da energia, incentivando as pessoas a terem novos hábitos de consumo, bem como buscar os mesmos resultados ao aproximar os pais e promover a integração família, escola e comunidade”, explicou.

 

 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada