Projetos esportivos funcionam em novos endereços em Casimiro de Abreu

Por em 17/05/2016 14h57
A prática de atividades esportivas em Casimiro de Abreu ganha um incentivo a mais. A partir desta semana, a Academia Popular, do distrito sede, passou para um espaço mais amplo e confortável. Mudanças também atingiram a Escola de Artes Marciais. 

A partir de agora, a Academia Popular de Casimiro de Abreu está no Pavilhão de Esportes, localizado na Nova Praça Feliciano Sodré. Além disso, funciona também em novo horário de 6 às 10 horas e das 17 às 21 horas. Já a Escola de Artes Marciais foi instalada na Rua Nilo Peçanha, sem número, no Centro. 

Uma das usuárias da Academia Popular, Maria Lélia Fraga, achou o lugar mais amplo e arejado, o que gera conforto. "Melhor do que isso não poderia ter sido. Estou aqui há um bom tempo e a orientação dos profissionais tem me ajudado nos meus problemas de coluna", disse. Avaliação positiva também teve o usuário Thiago Santiago. "Até para nos locomover ficou melhor", completou. 

A secretária de Esporte e Lazer, Dulcinete Arruda, ressalta que todas as medidas estão sendo tomadas para que cada vez mais os alunos sejam beneficiados. "Lembro que no distrito de Barra de São João, o funcionamento continuará das 7 às 11 horas e das 17 às 21 horas". 

Já a Escola de Artes Marciais atende a alunos com ensinamentos de jiu-jitsu, judô, muay thai. As aulas acontecem de segunda a sexta-feira das 17h30min às 22h30min. 

INSCRIÇÕES - Os dois projetos estão com inscrições abertas. Os interessados devem procurar as sedes das atividades. Os documentos necessários são: atestado médico, comprovante de matrícula escolar, identidade, CPF, comprovante de residência e duas fotos 3x4. Os menores de idade devem apresentar ainda a cópia de um documento com foto do responsável este deve assinar o termo de responsabilidade.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Corrupção sem fim!