Punk irlandês vai animar Cabo Frio no próximo domingo

Banda RATS, atração do Rock in Rio, toca na cidade pela primeira vez

Por Redação JS em 13/11/2017 13h43
No próximo domingo, dia 19, a banda RATS com seu "irish punk" toca pela primeira vez em Cabo Frio, para uma apresentação épica. O estilo é encarado pela banda de várias formas e direções, onde tradicionais músicas irlandesas interpretadas com pegada rock n' roll dividem o set list com clássicos nacionais e internacionais do punk rock/hardcore, todos revistos com arranjos e instrumentos folk. 

“A gente se chama de hardcore bucaneiro. Misturamos guitarras, baixo, bateria com banjo, bandolim, acordeão e a trional (flauta irlandesa clássica). Tentamos fazer uma mistura que todo mundo goste! Tem de tudo, influência de música dos Balcãs, País Basco, country.”, comentou o baixista Bruno Pavio.
 

Atraindo atenção rapidamente de produtores, mídia e público a RATS assinou com o selo Crasso Records de São Paulo. Em 2013 tocou no Rock Street no Rock In Rio. No ano seguinte lançou seu 1º registro fonográfico, um EP de 6 faixas acompanhado do vídeo clipe "Somos Nós". Em 2016 o tão esperado full play intitulado "Por Terra, Céu e Mar" com produção de Jimmy London (Matanza), recebendo ótimas críticas e entrando em várias listas de melhores do ano.
 

“Em 2001, em Los Angeles pirei no show do Flogging Molly. Naquela mistura de elementos folk com a energia do hardcore. Era juntar dois universos que eu adorava num só palco. Não sabia que o rock também podia ser assim. Aquele dia abriu-se uma nova janela para mim, comprei o cd e de lá pra cá começamos no Brasil. Acabamos inserindo elementos de outras vertentes: polcas, valsas, e também música cigana. Agora em Cabo Frio não esperamos e não aceitamos nada menos do que um show completamente insano!”, disse Fernando Oliveira, que toca banjo e bandolim na RATS.

Neste show de estreia em Cabo Frio, abrem as bandas Protesto Suburbano, uma das mais importantes e experimentadas bandas de hardcore de Macaé, e o duo cabo-friense Passos Largos com seu indie/folk.
 
“Eu tenho uma relação muito grande com Cabo Frio. Meu pai tem casa e vou desde os sete anos à cidade. Tenho tatuado a Ponte Feliciano Sodré. Meu primeiro show que vi de hardcore foi na Corel House nos anos 90 com as bandas Wake Up e Change! A cidade teve muita influência na minha formação. Estou bem animado”, completou Bruno.

O show acontece às 20h no Espaço Santtos Closet Pub (Av. Boulevard Canal, 30, 2º piso, Centro). A entrada custa R$ 15 (nome na lista) e R$ 20 (na hora).
 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Feminicídio - Editorial JS