Região dos Lagos é referência no uso de energia solar

A economia é de até 90% na conta de luz

Por em 22/06/2016 15h06
A cada dia o assunto do esgotamento das fontes de combustíveis fósseis, a redução dos reservatórios de água e a crise energética ganha mais força em relação à produção energética. A busca por fontes alternativas de obtenção de energia aparece como solução para o problema. A Região dos Lagos é um exemplo vivo e serve de modelo para outros municípios do estado.
 
Loja, restaurante, residências e pousada em Búzios são alguns dos locais que contam com o sistema fotovoltaico. No total, são 134 módulos instalados que irão gerar em torno de 6.030 KW/mês. A economia pode chegar até em 90% na conta de luz por localidade.
 
Avanço energético e geração compartilhada nos prédios
 
 A nova resolução da ANEEL – da resolução 687 – viabiliza a geração distribuída em condomínios, empreendimentos de múltiplas unidades consumidoras. No novo regulamento, a energia gerada pode ser repartida entre os condôminos em percentuais definidos pelos próprios consumidores, mesmo que o sistema seja instalado em um único medidor, no caso o do condomínio. O excedente da energia virá em crédito na conta de luz e enviado às contas de energia participantes de acordo com a % definida no projeto.
 
Nessa modalidade também é possível atender condomínios de edifícios. Os interessados podem se unir e instalar uma geração distribuída e utilizar a energia gerada na redução das suas faturas ou do próprio condomínio.
 
Diretor da Green Solar, Maurício Ribeiro, vê a energia solar expandindo-se pela Região dos Lagos.
 
“Essa região tem a maior irradiação e melhor eficiência do estado em virtude do sol e do vento constante tornando o investimento ainda mais atrativo. Algumas construtoras já entregam as casas com geração própria, tal fato ajuda na hora da venda e torna o imóvel mais interessante para o comprador, uma vez que a conta de energia será mínima. Muitas são casas de veraneio e o quadro é ainda melhor, pois a maior parte do tempo a casa fica fechada gerando crédito que poderá ser utilizado em até cinco anos”, explica Ribeiro.
 
As justificativas para a energia solar ser adotada seja em grandes projetos, residências ou empresas são inúmeras. O sol é uma fonte de energia inesgotável, gratuita, segura e não requer custos com combustíveis e manutenção. Além disso, não poluem e é resistente às diferentes condições climáticas.  O clima do Brasil e, em especial, da Região dos Lagos torna ainda mais garantido o investimento.
 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Famílias destruídas