Salário mínimo será de R$ 880 em 2016, diz governo

Novo valor corresponde a reajuste de 11,6% em relação aos R$ 788 atuais. Decreto será publicado nesta quarta-feira no 'Diário Oficial'

Por Redação JS em 30/12/2015 07h25

A presidente Dilma Rousseff assinou nesta terça-feira o decreto reajustando o salário mínimo de 2016 para 880 reais, a partir de 1º de janeiro, um aumento de 11,6% em relação aos 788 reais de 2015. O decreto será publicado na quarta-feira no Diário Oficial da União (DOU).


O governo previa uma elevação menor para o mínimo, para 865,50 reais, quando enviou a proposta de Orçamento do ano que vem para o Congresso Nacional, em agosto. Quando o Congresso aprovou, no último dia 17, a previsão foi para 870,99 reais.


No entanto, o valor foi alterado para 880 reais, pois foi atualizado com base nos parâmetros estabelecidos para sua correção - crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes e inflação do ano anterior medida pelo INPC, índice que reflete a alta de preços para famílias com renda entre um e cinco salários mínimos. No acumulado de 2015 a inflação medida pelo INPC é de 10,28% e em 12 meses, de 10,97%.


Em nota, a Presidência disse que o reajuste dá continuidade à política de valorização do mínimo, "com impacto direto sobre cerca de 40 milhões de trabalhadores e aposentados, que atualmente recebem o piso nacional".



Fonte: Veja

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Corrupção sem fim!