São Pedro da Aldeia convoca população para recadastramento do Programa Bolsa Família

Até o dia 18 de dezembro, as famílias beneficiadas devem comparecer aos postos de saúde mais próximo da residência, para cumprir algumas regras no âmbito da Saúde.

Por Ascom São Pedro em 16/12/2015 07h06
A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Subsecretaria de Atenção Básica, convoca a população aldeense para a segunda vigência das exigências do Programa Bolsa Família. Até o dia 18 de dezembro, as famílias beneficiadas devem comparecer aos postos de saúde mais próximo da residência, para cumprir algumas regras no âmbito da Saúde.  As famílias com crianças de 0 a 7 anos precisam comparecer às Unidades de Saúde para completar o quadro de vacinação e realizar o exame antropométrico, para medição da altura da criança, caso necessário. Mulheres de 14 a 44 anos devem fazer a pesagem e as gestantes precisam apresentar o cartão de acompanhamento das consultas para comprovação do pré-natal. As beneficiárias que já tiveram seus bebês devem comparecer a mais duas consultas após o nascimento da criança.No primeiro semestre deste ano, o município atendeu 1.820 famílias que correspondem a mais de 39% da população, superando o mínimo exigido pelo Governo Federal. Neste segundo semestre a cidade aldeense já cumpriu mais de 30%, porém é necessário que a população continue com o comparecimento às Unidades de Saúde. É preciso cumprir todas as normas do Programa para que a cidade continue recebendo os benefícios, por isso a Prefeitura está em ação divulgando todas às medidas necessárias.O Programa Bolsa Família atende mais de 13,9 milhões de famílias em todo o território nacional. Atua diretamente na transferência direta de renda às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, garantindo os direitos à alimentação e acesso à educação e à saúde.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano