São Pedro da Aldeia recebe uniformes para anfitriãs da chama olímpica

O revezamento começou cem dias antes da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016 em Olímpia, na Grécia.

Por Redação JS em 29/07/2016 11h12

Nesta quinta-feira (28), diretores da Escola Municipal Antônio Vaz e Escola Estadual Nobu Yamagata receberam os uniformes que alunas das unidades vestirão como anfitriãs da chama olímpica em São Pedro da Aldeia. A rede municipal será representada pelas alunas Karine Dias de Oliveira Barcelos e Geovana da Silveira Silva. Pelo Nobu, a aluna Gabriela de Oliveira Lobo foi a escolhida. A entrega aconteceu na Prefeitura de São Pedro da Aldeia e contou com a presença do representante do Ministério dos Esportes, Charles Fernandes Bueno; da Secretária Adjunta de Educação, Edlúcia Marques e dos coordenadores municipais da Força Tarefa, Leila Neves e Fernando Chaves. A Tocha Olímpica passará por São Pedro da Aldeia na próxima segunda-feira (01), por volta de 12h. As vias que compõem o trajeto olímpico serão fechadas a partir de 00h de segunda-feira, para um percurso de 2.5 quilômetros.


“A escolha das alunas que serão as anfitriãs da chama olímpica em São Pedro da Aldeia seguiu um critério de avaliação. O mesmo analisou vulnerabilidade social, IDEB e o resultado de um concurso de redação com o tema Olimpíadas Rio 2016, englobando a rede pública de ensino. É necessário explicar que as alunas não são condutoras, sim as receptoras. A missão do Ministério dos Esportes é fazer a entrega dos uniformes desse dia tão significativo, um momento irrevogável para a cultura e o esporte”, afirmou Charlles Bueno, representando o Ministério dos Esportes.


 As três alunas da rede pública de ensino serão as primeiras a terem contato com o símbolo olímpico. Elas vão receber e levarão a chama para o acendimento da tocha com o primeiro condutor. As alunas percorrerão 200 metros com o condutor inicial, dando início ao revezamento pelas ruas do Centro de São Pedro da Aldeia.

“É uma imensa alegria contar com a participação de algumas de nossas alunas nesse dia tão especial e histórico para São Pedro da Aldeia. Temos a felicidade de presenciar esse momento, espero que seja um sucesso e que as anfitriãs guardem na lembrança a honra de recepcionarem o fogo olímpico”, disse a secretária adjunta, Edlúcia Marques. 

 

O revezamento começou cem dias antes da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016 em Olímpia, na Grécia. De lá, a chama Olímpica viajou até o Brasil, onde começou a trilhar o caminho rumo ao Rio de Janeiro, sua parada final. A essência do revezamento é passar a chama olímpica de um condutor da tocha para outro, envolvendo todo o país no clima dos Jogos.

 

O design da Tocha Olímpica mostra “O Céu”, representado pelo sol, remetendo ao ouro e a conquista máxima dos Jogos; “As Montanhas”, com a beleza natural do Rio de Janeiro, expressando as curvas verdes de morro e vales; “O Mar”, mostrando as ondulações azuis, presentes nas paisagens do Brasil e do Rio e “O Chão”, terra que faz parte da nossa história. Representada pelo calçadão de Copacabana, o pedacinho de chão mais famoso do Brasil.


*Foto: Horácio Palma

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada