São Pedro da Aldeia receberá empresa de distribuição de alimentos

A expectativa é de que 100 empregos diretos e cerca de 150 indiretos sejam gerados de imediato, com prioridade para mão de obra local

Por em 30/06/2016 17h34
O prefeito Cláudio Chumbinho recebeu em seu gabinete, nesta quinta-feira, dia 30, o empresário Luis de Cardoso, diretor-presidente da Lagos Meat Distribuidora, o mais novo empreendimento prestes a chegar a São Pedro da Aldeia. A distribuidora de produtos alimentícios será a primeira empresa a construir sua sede no Polo Logístico/Industrial do município, localizado no bairro São Mateus. A previsão é de que as obras se iniciem em 30 dias e sejam finalizadas em 2017. A expectativa é de que 100 empregos diretos e cerca de 150 indiretos sejam gerados de imediato, com prioridade para mão de obra local. Com o encontro, o chefe do executivo aldeense reafirma o compromisso da atual gestão de incentivar a chegada de novas empresas, criando mercados de trabalho e aumentando a arrecadação municipal.

De acordo com o Prefeito Cláudio Chumbinho, uma de suas metas é transformar São Pedro da Aldeia no polo de empregos da Região dos Lagos. “O desenvolvimento do município inclui toda a região. Sempre trabalhamos muito em prol da nossa cidade, pautando ações voltadas à geração de trabalho e renda. Damos todo o apoio e segurança necessários para o empresário investir em São Pedro da Aldeia, temos um corpo técnico que se empenha e se dedica diariamente ao assunto com muita transparência e responsabilidade”, afirmou.

Diretor-presidente da Lagos Meat Distribuidora, Luis de Cardoso destaca que a nova sede será a empresa âncora do Polo aldeense. “Logisticamente falando, São Pedro da Aldeia é o melhor local do interior do Estado para transporte e estamos muito satisfeitos por estarmos aqui hoje. Ficamos muito felizes pela receptividade do prefeito e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, isso nos dá cada vez mais confiança de investir na cidade”, disse.

A chegada da Lagos Meat Distribuidora ao bairro São Mateus marca a abertura oficial da zona logística de São Pedro da Aldeia. O Condomínio Industrial, fruto de investimento totalmente particular, pode abrigar cerca de 70 empresas e conta com uma área de 300 mil m². “Temos o projeto estratégico de atender o Rio de Janeiro a partir do nosso polo logístico/industrial. A Lagos Meat vai ancorar uma série de centros de distribuição no local e é um marco da prosperidade que virá para a região. Nosso município oferece uma segurança jurídica que faz com empresários invistam na cidade mesmo num momento de crise”, declarou o subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Gilson Brandão.

A gestão empreendedora do governo Cláudio Chumbinho gerou grandes frutos para São Pedro da Aldeia. Em menos de quatro anos de governo, a cidade se tornou sede de empreendimentos inéditos como a Usina de Tratamento de Biogás, a primeira do Brasil, e a loja de departamentos Havan, primeira do estado do Rio de Janeiro. Foram inaugurados o supermercado atacado-varejista Atacadão, as concessionárias Fiat e Renault Auto France e a empresa de combustível, com posto de gasolina e loja de conveniências, do Polo Logístico/Industrial em São Mateus. As obras do frigorífico Mayara Distribuidora, que irá gerar cerca de 600 empregos quando concluído, e do multimercado Costa Azul continuam a todo vapor.

Em maio deste ano, o chefe do executivo aldeense assinou o decreto de criação do primeiro micropolo comercial do bairro Retiro. O local abrigará as empresas Pescado Magalhães, Frutal, TEM e Strong. O governo segue em busca de novos empreendimentos para se instalarem no micropolo. 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes Dupla vascaína
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Alvo humano