São Pedro da Aldeia terá a primeira UPA pediátrica da Região dos Lagos

A partir do dia 1º de junho a UPA do município aldeense atenderá exclusivamente pacientes pediátricos, de 0 a 14 anos.

Por Redação JS em 19/04/2016 16h21

O Prefeito Cláudio Chumbinho se reuniu nesta terça-feira (19) com o secretário de estado de saúde, Luiz Antônio Teixeira Jr, no Rio de Janeiro, para definir a reformulação da Unidade da Pronto Atendimento de São Pedro da Aldeia. A partir do dia 1º de junho a UPA do município aldeense atenderá exclusivamente pacientes pediátricos, de 0 a 14 anos, e será a primeira da Região dos Lagos. Os demais atendimentos serão realizados no Pronto Socorro que está sendo ampliado pelo município, em parceria com o Estado que entregará os equipamentos. Também estiveram presentes no encontro o secretário aldeense de saúde, Luis Cláudio Sartori e a subsecretária da pasta, Maria Lúcia Feitosa.


“Com a crise financeira que o Governo do Estado está atravessando nos reunimos para selar o futuro da UPA de São Pedro da Aldeia da melhor maneira possível para todos. Minha preocupação é para que o atendimento infantil seja intensificado, com as melhorias que uma unidade específica para pediatria pode oferecer a nossas crianças e adolescentes. O Estado sempre foi parceiro da nossa cidade, agora não está sendo diferente. Em breve entregaremos o Pronto Socorro Municipal reformado e ampliado, para os atendimentos em geral”, disse o chefe do executivo aldeense.


Os novos perfis de atendimento das UPAs fazem parte do planejamento da Secretaria de Estado de Saúde para a reorganização da rede. Novas mudanças estão previstas e serão detalhadas ao longo dos próximos meses. Os objetivos das novas orientações são a otimização dos recursos e a melhoria na qualidade do serviço oferecido à população.


O secretário de estado de saúde, Luiz Antônio Teixeira Jr destacou o pedido e a preocupação do prefeito Cláudio Chumbinho.


“O prefeito de São Pedro da Aldeia nos procurou para solicitar a transformação da UPA da cidade para pediátrica e é claro que atendemos ao pedido. A Secretaria de Estado vai abrir um chamamento público nos próximos dias para a contratação de uma nova Organização Social que vai administrar a unidade e a partir disso a UPA funcionará atendendo a crianças e adolescentes. A adequação da UPA acontecerá sem a interrupção no atendimento”, explicou Luiz Antônio Teixeira Jr.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Corrupção sem fim!