Saúde de Arraial do Cabo divulga o resultado da força-tarefa contra o Aedes aegypti

A ação teve a participação de militares

Por Ascom Arraial do Cabo em 22/02/2016 07h38

O município de Arraial do Cabo teve 3.111 domicílios visitados pela força-tarefa formada por agentes de saúde, de endemia e também por militares da Marinha, nesta semana.  A ação fez parte da segunda etapa da Campanha de Mobilização Nacional contra o mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e chicungunya.


As visitas tiveram início na segunda-feira (15) e terminaram na quinta-feira (18).  Nesse período foram inspecionados locais de possíveis focos do mosquito, como calhas de captação de água de chuva, ralos, esgotos, bueiros, jardins, marquises, depósitos de lixo, entre outros.


De acordo com dados divulgados pelo Departamento de Vigilância em Saúde de Arraial do Cabo, das 3.111 residências inspecionadas, 962 receberam tratamento com larvicida. Foram encontrados 85 focos do mosquito e 1708 casas estavam fechadas.


A força-tarefa percorreu 15 bairros: Sítio, Prainha, Praia Grande, Centro, Pontal do Atalaia, Vila da Álcalis, Praia dos Anjos, Canaã, Roça Velha, Macedônia, os distritos de Figueira, Monte Alto, os bairros de Sabiá e Pernambuca.  


O secretário de Saúde, Sppencer Cardoso, informou que os trabalhos de combate ao mosquito da dengue terão continuidade na próxima semana, com os técnicos da Secretaria Municipal de Saúde.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Outubro Rosa