Saúde de Cabo Frio ameaça parar

Os protestantes usavam nariz de palhaço, cartazes, e gritavam palavras de ordem.

Por Redação JS em 19/11/2015 12h04

Os servidores da saúde de Cabo Frio realizaram protesto, na manhã de hoje (19), reivindicando pagamentos de benefícios e também melhores condições de trabalho. Os protestantes usavam nariz de palhaço, cartazes, e gritavam palavras de ordem. 


Os funcionários ameaçam parar caso o prefeito Alair Correa não pague o valor referente a insalubridade, adicional noturno e triênios. 


Eles também cobram condições de trabalho. Exigem ambulâncias, antibióticos, analgésicos, soros, vacinas, seringas, agulhas e diversos outros produtos.

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Outubro Rosa