Secretaria de Saúde nega, mas atestado de óbito confirma morte de paciente por H1N1

Ao contrário da nota da Secretaria, a Declaração de Óbito confirma as suspeitas de Influenza H1N1

Por Redação JS em 28/04/2016 12h23

Após a notícia em primeira mão do Portal JS, de que um homem teria morrido com H1N1 em Arraial do Cabo, a secretaria de saúde, por meio nota informou que "não é possível afirmar que o paciente tenha sido vítima da gripe H1N1". Mas, diferente das palavras da Secretaria, a Declaração de Óbito de Claudio Rodrigues da Cunha, confirma a causa da morte. No laudo, assinado pelo Dr. Bruno e com carimbo do Hospital Geral de Arraial do Cabo, as causas são: Insuficiência respiratória, Pneumonia e Influenza H1N1. Veja a seguir a nota da Secretaria e a Declaração de Óbito.


Nota da Secretaria:

 

"A Secretaria de Saúde de Arraial do Cabo informa que não foi confirmada a suspeita de morte por gripe H1N1 no Hospital Geral da cidade.  


De acordo com a direção técnica do Hospital, o paciente Claudio Cunha,  de 42 anos deu entrada na emergência do hospital, às18h50 com um quadro de insuficiência respiratória grave, dispnéia e febre.  Ele foi atendido pelo médico de plantão, medicado e, devido à gravidade foi imediatamente levado para o isolamento, onde foram realizados os exames de raio X, hemograma, Hepatograma, TGO, TGP, Proteína e C reativa Positiva, urina, uréia, glicose e eletrocardiograma.


Após serem realizados todos os protocolos, a equipe médica constatou que o paciente estava com pneumonia. Por volta das 22 horas o quadro do paciente evoluiu e ele veio a falecer.


A diretora técnica do hospital, doutora Cenir Amorim informou que não é possível afirmar que o paciente tenha sido vítima da gripe H1N1.


Atenciosamente,

Dra. Cenir Amorim Pereira
Diretora Geral do HGAC. "

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada