Setores da Prefeitura de Cabo Frio têm energia elétrica cortada por falta de pagamento

Funcionários aguardam uma solução para o problema que decorre do corte de energia elétrica

Por Redação JS* em 30/05/2016 08h50

Servidores e cidadãos que tentaram acessar repartições da Prefeitura de Cabo Frio no início desta segunda-feira (30) encontram os ambientes às escuras. Isso porque a concessionária Ampla estaria com ordem judicial para interromper o fornecimento de energia elétrica em mais de trinta endereços da administração pública municipal.


Conforme apurado preliminarmente, a concessionária já teria cortado a energia na sede da Prefeitura (Palácio Tiradentes), nas secretarias de Educação e da Fazenda e na sede da Guarda Municipal, localizada no bairro São Cristóvão.

 

- A informação que nos foi repassada é que a dívida chega a R$ 1,6 milhão apenas na Guarda Municipal. Eu mesmo conversei com um dos funcionários da Ampla e ele disse que três veículos da concessionária estão passando em vários setores para cortar a energia, comentou um servidor público que pediu para ter o  nome preservado.

 

Em junho do ano passado, a sede da Prefeitura e a secretaria da Fazenda tiveram a energia elétrica cortada por falta de pagamento da conta de luz. À época, a assessoria de comunicação da Prefeitura afirmava que afirma que a cidade estava em crise por ter uma arrecadação menor do que a folha de pagamento.






*Matéria Alessandro Teixeira

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Corrupção sem fim!