Tê fala sobre seus projetos para a cidade de Arraial do Cabo

Waler Lúcio, o Tê, afirma que o povo do município merece o melhor e ele vai dar o melhor

Por Redação JS em 16/09/2016 09h04
Dando continuidade a nossa série de entrevistas, na manhã desta sexta-feira, dia 16, entrevistamos mais um candidato a Prefeitura de Arraial do Cabo. Dessa vez, o entrevistado é o Walter Lúcio, o Tê, do PMDB. Confira a entrevista:


Portal JS: O que o habilita a ser candidato a prefeito de Arraial do Cabo?
WL – Sou filho de família cabista, meu avô por parte de pai foi um dos fundadores da nossa cidade, meu avô por parte da minha mãe era pescador, uma tradição da nossa cidade. Eu já estou na vida pública há 15 anos, conheço muito de gestão pública, sou Turismólogo e eu tenho um sonho que quero compartilhar com essa cidade, que é transformá-la em um dos maiores destinos turísticos do país. Nós temos competência, condições para isso e é o setor que mais gera emprego e renda no mundo. E, para isso, precisamos só entrar e começar a trabalhar, fazer o trabalho junto com a comunidade, para que o nosso sonho se realize. E, claro, não é só um sonho meu, é um sonho do município, da comunidade, porque quando a gente fala em Turismo, fala na geração de emprego e renda para todos.

Portal JS: Já que o senhor está falando em Turismo. Muitos reclamam da qualidade do Turismo em Arraial do Cabo. O que o senhor tem de plano de Governo para a área?
WL – No Turismo nós temos muito a realizar, apesar de Arraial do Cabo não viver mais só na sazonalidade, já que o Prefeito Andinho investiu muito em feiras, investiu em participações internacionais, porém, precisamos fazer muito mais. Para o Turismo estar funcionando precisamos de uma engrenagem, as estruturas urbanas tem que estar adequadas. O povo cabista já gosta de receber bem. Arraial do Cabo é conhecida como Capital Nacional do Mergulho, então, a cidade tem que respirar isso, estar decorada, esse é um público muito importante. Esse turismo é potencializado, o turista chega à cidade ele dorme em nossos hotéis, almoça em nossos restaurantes, faz compra em nosso comércio. Precisamos ter turista na nossa cidade, fazendo com que a nossa cidade permaneça com uma alta temporada de qualidade o ano inteiro. Como nós sonhamos e pretendemos, quem sabe a gente não vive de janeiro o ano inteiro? A questão é de a gente ser profissional no que faz, saber que a cidade precisa olhar com olhares de alguém que entenda do setor para que possamos agregar valor a tudo isso. A nossa cidade tem potenciais turísticos belíssimos. Sem dúvida nenhuma, as praias bonitas do mundo estão na nossa cidade. O Turismo sem sombra de dúvida é a maior saída para o nosso município.

Portal JS: O que senhor tem para a Saúde?
WL – Nós entendemos que a Saúde deve ser vista em três etapas. Primeiro a gente precisa fazer a prevenção, nossos Postos de Saúde precisam estar bem capacitados e bem equipados para atender os nossos munícipes. Porque o primeiro ponto de apoio do morador é o Posto de Saúde. Segundo, vamos criar uma Policlínica na cidade, para tirar de dentro do hospital exames rotineiros, consultas médicas, fisioterapia, porque nós entendemos que o morador que vai para uma consulta médica não tem que estar convivendo com hospital lotado, pronto socorro. Então vamos criar essa Policlínica, tirar toda essa demanda de dentro do hospital, para que a gente possa dar um melhor atendimento. E na terceira etapa, o hospital. Retirando essas coisas de lá, ele terá mais espaço para que a gente possa aumentar a quantidade de cirurgias, aumentar os leitos hospitalares, com certeza a gente pode estar recebendo mais pessoas, com equipamento, medicamento e atendimento médico adequado. Eu não posso deixar de dizer, que se a gente parar para avaliar, Arraial do Cabo hoje já é referência de Saúde. Para se ter uma ideia, enquanto as nossas cidades vizinhas estão com dificuldades na área de Saúde, hoje Arraial recebe a população de nossas cidades vizinhas. A demanda aumentou bastante, mais  estamos dando conta do recado. Ainda não é o que sonhamos, mas já melhoramos muito. O nosso povo merece o melhor e nós vamos dar o nosso melhor, não tenha dúvida disso.

Portal JS: E quanto à questão do emprego?
WL – Esse é um dos maiores desafios da nossa cidade. Nós investiremos pesado no Turismo, naturalmente aumentaremos o emprego em nossa cidade, com certeza precisamos de mão de obra qualificada e adequada para atender os nossos turistas. Mas temos um projeto mais audacioso, nós criaremos, dentro do porto do Forno, o “Amigo do Porto”. Significa que dentro do porto estaremos dando curso de qualificação e capacitação para todos os nossos jovens, porque eu entendo que quando a gente vai atrás de uma empresa, que queira vir para cá, tem que acolher a mão de obra local, mas para isso a nossa comunidade tem que estar preparada. Temos o desafio também para aproximar a nossa comunidade ao porto, através de projetos sociais. Nós entendemos que o maior ganho para o gestor público é a  comunidade satisfeita, estamos ali para fazer o melhor para ela. 

Portal JS: E a Educação?
WL – Essa semana iniciou uma obra no parque público que vai criar ali um Centro Esportivo, é um local muito grande e nós precisamos dar mais vida. Construiremos ali um complexo educacional, para levar as escolas lá para dentro. Os estudantes estudam de manhã e praticam o  esporte à tarde e participam de projetos culturais. Temos muito para ser feito, creches nos distritos, segundo grau, aumentar número de vagas. 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Famílias destruídas