Teleférico de Ponta Negra, Maricá, fica apenas no papel

A execução do projeto ainda não foi iniciada devido a restrições orçamentárias.

Por Redação JS em 09/08/2016 14h17

O projeto de construção de um teleférico em Ponta Negra, Maricá, ainda está longe de sair do papel. A prefeitura informou que o projeto encontra-se licitado, mas a execução ainda não foi iniciada devido a restrições orçamentárias.


O programa inclui ainda uma linha de transporte que ligaria o Centro à Barra e teria, além do viés na mobilidade urbana, um foco turístico para a cidade.


Com investimento de cerca de R$ 120 milhões, com recursos próprios do município, o projeto levaria cerca de quatro anos desde a construção até o sistema operacional, e pode também ter parcerias com empresas. Além das estações de embarque e desembarque no local também serão construídas lanchonete, mirante, parque e outras construções.


O administrador Bruno Souza, de 28 anos, mora em Inoã há três anos e torce para que essa obra fique pronta o quanto antes. “...esse teleférico, além de servir de transporte, vai atrair turistas para a cidade. Mas além de turistas os próprios maricaenses vão poder conhecer a cidade e valorizar o próprio lugar”, explicou.


Em 2015 o prefeito de Maricá, Washington Quaquá, chegou fazer uma visita técnica ao teleférico do Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio de Janeiro. A vistoria foi para conhecer de perto o projeto e visualizar na prática a construção do de Ponta Negra.

Fonte: MaricáInfo 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada