Traficante Fat Family é morto em operação da Polícia Civil

Ele era um dos traficantes mais procurados do Rio

Por em 26/09/2016 12h29
O traficante Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, de 28 anos, foi morto durante uma ação da Polícia Civil realizada na manhã desta segunda-feira em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. Agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) fecharam o cerco ao criminoso em uma região de mata em Itaóca, no Complexo do Salgueiro. 

Após intenso tiroteio, Fat Family e outros dois homens, que seriam seguranças do bandido, foram mortos.

A operação de inteligência contou com a participação de 30 agentes e um helicóptero da Polícia Civil. De acordo com o delegado da Core, Fabrício Oliveira, a operação começou no início da manhã e tinha o objetivo de capturar Fat Family. Durante uma incursão na comunidade de Itaóca, os agentes se depararam com um grupo de traficantes armados com fuzis. Houve intensa troca de tiros, que resultou na morte dos três bandidos. A Polícia apreendeu três fuzis, drogas e material para embalar entorpecentes. Agentes aguardam a chegada da perícia no local. Uma equipe de policiais faz uma varredura na comunidade para tentar capturar outros criminosos.

Em junho, Fat Family foi resgatado por um grupo de 20 bandidos do Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio. Na ação, um inocente foi morto e outros dois ficaram feridos. O traficante chefiava bocas de fumo no Morro Santo Amaro, no Catete, na Zona Sul do Rio.

Fat Family era um dos traficantes mais procurados do Rio. O Portal dos Procurados, do Disque-Denúncia, oferecia uma recompensa de R$ 3 mil por informações que levassem ao paradeiro do criminoso.


Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Outubro Rosa