Vila Naval é campeão do sub 13 e são definidos os finalistas do sub 17 do 33º Fest Verão

Por em 29/04/2016 15h47
Saiu o primeiro campeão do 33º Fest Verão de São Pedro da Aldeia. Na categoria sub 13, a equipe do Vila Naval levantou a taça ao derrotar o Projeto Davi por 8 a 5, fazendo a festa da garotada e levantando a torcida formada majoritariamente por pais e mães dos atletas. No sub 17, definidos os finalistas após jogos de ida e volta. Após perder por 7 a 4 a primeira partida, o Baleense garantiu a vaga no saldo de gols ao derrotar o Aldeense por 5 a 1. A outra vaga foi conquistada pela equipe do Folhinhas, que após perder nos pênaltis (7 a 6) o jogo de ida, derrotou o Unidos do Por do Sol por 4 a 1, garantindo a segunda vaga. A final acontece nesta sexta-feira (29).

O equilíbrio marcou a maior parte do jogo final do sub 13 entre o Vila Naval e o Projeto Davi e o placar só ficou definido no último período, quando a equipe campeã se distanciou um pouco. Primeiro período 2 a 2, segundo período 5 a 4 e ao final 8 a 5 para o Vila Naval, que também conquistou o prêmio da defesa menos vazada, com o goleiro Adriel. O artilheiro da competição foi o atleta Matheus, do Projeto Davi, com 13 gols. Marcaram para o Vila Naval  Pablo (04), Guilherme (01), Miguel (01), Kaleb (01) e Thales (01). Descontaram para o Projeto Davi Alysson (03) e Matheus (02).

No sub17, a vantagem obtida pelo Aldeense na primeira partida contra a equipe do Baleense, vencida por 7 a 4, não foi suficiente para evitar a virada, mesmo após o encerramento do primeiro período, com a vantagem ampliada em mais um gol, com o placar de 1 a 0. Ao final do segundo período, o resultado já marcava 3 a 1 para o Baleense, que ainda precisava de mais dois gols para garantir a vaga. Ao final 5 a 1 e vaga garantida para a equipe da Praia da Baleia. Marcaram para o Baleense Lucas (04) e Jackson (01). Descontou para o Aldeense Hugo (01).A decisão por pênaltis ocorrida na primeira partida entre o Folhinhas e Unidos do Por do Sol (vencida pelo segundo por 7 a 6) parecia que iria se repetir neste segundo jogo, tamanho o equilíbrio entre as equipes, refletido no placar do primeiro período, com um insistente 0 a 0. Os gols começaram a sair no segundo período, com a vantagem de 2 a 1 para o Folhinhas, que ainda marcou mais dois e venceu o jogo por 4 a 1, garantindo a vaga para a final do dia 29 contra o Baleense. Marcaram para o Folhinhas Thiago (02), Matheus Carvalho (01) e Matheus Freitas (01). 

Colunistas

Suely Pedrosa - Social Tudo sobre a Região dos Lagos
Ricardo Sanchez - Esportes O espírito da 10 de Zico
Ademilton Ferreira - Política Os bastidores da política
Vilma Matos - Editorial Violência desenfreada