O SOMBRA: Tudo sobre a política da Região dos Lagos nesta quarta-feira, dia 05

Búzios
O pré-candidato a prefeito, Joãozinho Carrilho, levou para seu grupo os “soldados” Nego, Crizaldo e Leandro Pereira. Dizem que todos já chegaram como titulares. São os “reforços” do time.

Iguaba Grande

O partido MDB de Iguaba Grande está focado e segundo os pré-candidatos busca fazer três vereadores. Os calouros: Renatinho da Saúde e Júnior Bombeiro não saem das ruas, os vereadores de mandatos já estão até preocupados. Vai ser uma loucura!

São Pedro da Aldeia

O prefeito de São Pedro da Aldeia, Claudio Chumbinho, anunciou, ontem, a instalação de mais uma empresa no município e a geração de 35 novos postos de trabalho. A empresa, uma distribuidora de ração, é oriunda de Campos e tem mais de vinte anos de atividade. O objetivo da distribuidora é atender lojistas, produtores rurais e o consumidor final de toda a Baixada Litorânea.

Arraial do Cabo

O prefeito de Arraial do Cabo, Renatinho Vianna, assina nesta quarta-feira o decreto que libera as praias e os meios de hospedagens para 50% de ocupação dos leitos. Três praias continuarão fechadas para evitar aglomerações: Forno, Prainhas do Pontal do Atalaia e a Praia Brava. O aluguel de casas permanece suspenso. A Associação dos Barqueiros de Arraial do Cabo afirmou que aguarda até o próximo dia 15 novas medidas de flexibilização liberando o turismo náutico. O acordo foi firmado com o governo e caso não seja cumprido a categoria promete ocupar às ruas.

Cabo Frio

O prefeito de Cabo Frio, Adriano Moreno, alertou que os dez respiradores cedidos pela prefeitura do Rio de Janeiro para Arraial do Cabo também podem ser ineficientes para o tratamento de pacientes graves vítimas da COVID-19. Os equipamentos, entregues ao prefeito Renatinho Vianna pelo próprio Marcelo Crivella, de acordo com a assessoria de comunicação cabista, foram instalados no Hospital Geral de Arraial do Cabo. Dos dez respiradores que Cabo Frio recebeu, apenas dois servem para pacientes com COVID. Os demais, além de apresentar problemas, precisam de peças e manutenção, são antigos e não servem para pacientes graves de coronavírus.

Araruama

O desembargador Claudio Brandão de Oliveira, da Sétima Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, pediu data para o julgamento da apelação da prefeita Lívia Soares Bello e do marido, o ex-prefeito Francisco Carlos Ribeiro, o Chiquinho da Educação. Eles contestam decisão da Justiça de Araruama, que condenou o casal por improbidade Administrativa. Lívia foi condenada a perda do mandato e a três anos de inegibilidade e Chiquinho a cinco anos. A justiça acatou a denúncia de que Chiquinho, mesmo inelegível, estaria ocupando funções na prefeitura e atuando como prefeito de fato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here