O SOMBRA: Tudo sobre a política da Região dos Lagos nesta quarta-feira, dia 11

Búzios

Pelo visto, a denúncia em face da presidente da Câmara de Búzios não caiu bem a denunciante Gladys Nunes. O que se comenta na cidade é Gradys não respeitou o momento da colega, que está no Rio de Janeiro enfrentado problemas de saúde. E agora?

Cabo Frio

Cabo Frio vai ganhar mais um candidato a prefeitura na eleição de 2020. O coordenador do partido Novo na Cidade Dulphe Paes de Barros disse que a escolha é interna e já está em andamento. Os pré-requisitos a candidatos são submetidos a entrevistas eliminatórias. Ele revelou que dos sete pretendentes, apenas dois seguem na disputa pela indicação do partido. Eles serão avaliados por uma comissão composta por pessoas de fora da cidade. O nome do novo prefeitável, caso seja aprovado, vai ser divulgado na próxima semana.

São Pedro da Aldeia

Em Pedro da Aldeia, a política visando 2020 tem sido o tema mais discutido na cidade. Vários pré- candidatos estão em movimento. Nos últimos dias, vários foram ao Rio de Janeiro em busca de apoio de políticos da capital. Aliás, vale lembrar que o prefeito de Duque de Caxias Washington Reis já foi visitado por Bia de Guga, Dr. Stefano e Bruno Costa. Todos de olho no MDB.

Araruama

A desembargadora Lúcia Regina Esteves de Magalhães, da Décima Nona Câmara Cívil do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, negou pedido da prefeitura de Araruama e manteve a proibição da cobrança de estacionamento na cidade. A justiça considerou a cobrança abusiva, já que um trabalhador que deixar o carro estacionado em local público pelo período de oito horas diárias durante um mês terá que desembolsar R$400, quase meio salário mínimo. A Ação Popular que derrubou a cobrança foi ajuizada pelos vereadores Penha Bernardes, Valéria Amaral e Oliveira da Guarda, que consideraram o contrato com a empresa vencedora da licitação prejudicial ao município.

Iguaba Grande

A Câmara de Iguaba Grande decide amanhã o futuro político da ex-prefeita Grasiella Magalhães. Ela poderá ficar inelegível por oito anos caso as contas dela de 2013 sejam rejeitadas. Os vereadores Alan, Balliester, Marciley, Tiquinho, Marcelo e Zé da Água Viva acompanharam, na primeira votação, o parecer técnico do TCE e condenaram a ex-prefeita. O TCE rejeitou as contas de Grasiella porque a ex-prefeita teria aplicado menos de 25% na educação como determina a Constituição. As contas de 2016 e 2017 foram aprovadas.

Arraial do Cabo

O beco da fofoca em Arraial do Cabo estava movimentado desde da noite desta terça-feira, dia 10, por causa da notícia da não candidatura do ex-prefeito Andinho. Como estratégia, dizem que nenhum adversário soltou fogos na cidade. Tudo para não acirrar os ânimos os eleitores. “É vero Galo”!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here