O SOMBRA: Tudo sobre a política da Região dos Lagos nesta sexta-feira, dia 14

Araruama

A Prefeitura de Araruama inaugura, nessa sexta-feira, a travessia entre o centro e o distrito de Praia Seca, por ferry boat. A cerimônia online, está marcada para às quatro da tarde, com transmissão ao vivo pelo Facebook.
A travessia será feita por duas embarcações. A passagem custa 6 reais. O tempo estimado do percurso pela lagoa de Araruama é de 15 a 20 minutos. Durante o dia deverão ser transportados entre 350 a 400 passageiros.
Apesar da inauguração ocorrer nesta sexta-feira , devido à questões administrativa, o Sistema Ferry Boat só começa a operar na primeira quinzena de setembro.

Búzios

Os vereadores da Câmara de Búzios não votaram ontem, em regime de urgência, o projeto de lei do prefeito André Granado que cria o Auxílio Emergencial de 200 Reais para Estudantes da Rede Municipal. Os vereadores querem saber se os alunos da escola Paulo Freire e os que moram em Maria Joaquina também serão beneficiados e o qual será o impacto nas contas públicas. O vereador João Carlos Alves, o Cacalho, disse que 200 reais, depois de cinco meses de pandemia, sem merenda, equivalem a 40 Reais, valor que, de acordo com ele, não compra um quilo de carne. Cacalho acusou o prefeito de fazer politicagem as vésperas da campanha eleitoral.

São Pedro da Aldeia

Por onde tem passado, o prefeito Cláudio Chumbinho tem se mostrado muito animado com o seu pré-candidato à prefeitura, Dr. Stefano Leite. Aliás, Chumbinho também quer indicar Edmilson Bitencourt para compor chapa.

Arraial do Cabo

O ex-prefeito Wanderson Cardoso de Brito, Andinho, foi para as redes sociais dizer que vai caminhar com o empresário Marcelo Magno, nas eleições. Dizem que Andinho ainda pode conversar com seu primo Tê, que até agora mantém sua pré-candidatura a prefeito.

Iguaba Grande

O pré-candidato a vereador, Júnior Bombeiro, que estava sendo disputado por vários partidos, vai concorrer a eleição deste ano pelo MDB. Júnior foi procurado pelos partidos PATRIOTA e CIDADANIA.

Cabo Frio

O decreto de nº 612, que exonerou 1.240 funcionários da prefeitura de Cabo Frio, virou uma “bomba”. Segundo informações, tem vereador perdendo o sono. Na prefeitura, o ambiente é um dos piores e ninguém se entende. A crise tomou conta de vez do município cabofriense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here