O SOMBRA: Tudo sobre a política da Região dos Lagos nesta terça-feira, dia 25

Arraial do Cabo

O município de Arraial do Cabo terá novo decreto de flexibilização as atividades na cidade. Após uma reunião do prefeito Marcelo Magno com o Conselho Sanitário ontem (24), a expectativa é que o edital seja assinado e publicado ainda nesta terça-feira (25). Arraial do Cabo tem apenas uma pessoa internada com o novo coronavírus. Sendo assim, as barreiras sanitárias deverão funcionar somente de sexta à domingo. O horário do comércio deverá ser estendido até meia-noite. No turismo, hotéis e pousadas poderão funcionar com 70% da capacidade, assim como os passeios de barco.

Cabo Frio

Polêmica do IML. Moradores e comerciantes de São Cristóvão estão se mobilizando contra a instalação do novo Instituto Médico legal de Cabo Frio (IML), na área da delegacia. O projeto já está pronto e os recursos, doados pela Asssembleia Legislativa, já estão liberados pelo governo do Estado, porém ainda depende da cessão do terreno pelo prefeito José Bonifácio. Os moradores temem não apenas a desvalorização dos imóveis, mas também a inviabilização de vários comércios no entorno e lembram da falta de estrutura de esgoto que costuma retornar para casa dos moradores.

São Pedro da Aldeia

Os carros colocados na beira da rua, do município de São Pedro da Aldeia, vêm causando grande polêmica e discussão no Canhão da Fofoca. O Jornal de Sábado entrou em contato com o ex-prefeito Cláudio Chumbinho para falar sobre a exposição. Chumbinho respondeu que o informativo da Receita Federal que veículos para transporte de pacientes não podem ser utilizados por mais de 4 anos, e os que foram expostos tem mais de 7 anos de uso.

Búzios

Uma liminar da Justiça proibiu, ontem, a realização da audiência pública da Câmara de Búzios para discutir o projeto que permite a implantação de grandes hotéis, na Macrozona Continental do município, área fora da península. A determinação partiu do Juiz da 1ª vara, Danilo Marques Borges, em ação movida pelo Búzios Convention. O magistrado considerou que o acesso de somente 25 pessoas na audiência contraria a lei por não possibilitar que “qualquer cidadão” participe da consulta popular. Segundo o vereador Josué Pereira, membro da Comissão de Obras e Serviços Públicos da Câmara, em breve será definida uma nova data e a melhor forma de participação da população, seja presencial ou virtualmente, para debater o projeto.

Araruama

O posto de gasolina do centro de Araruama, que virou polêmica na Câmara, segundo o vereador Eloy Ramalho, não será demolido. O imóvel estaria em inventário e pertence a família do ex-vereador Saulo Peres. Num tom bem humorado, Eloy disse: “só vão demolir passando por cima do meu cadáver”. Pelo visto o vereador Nelsinho do Som vai recuar, ou melhor, vai ter que “tirar o time de campo”.

Iguaba Grande

Os vereadores Luciano Silva e Alan Rodrigues voaram para Brasília em busca de recursos para o município de Iguaba. Segundo informações, os dois saíram da cidade por volta de 4 horas da manhã, para pegar o voo às 6 horas, escondidos para não dar carona a nenhum outro colega.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here