Obras no Correão, em Cabo Frio, seguem em ritmo acelerado

A Prefeitura de Cabo Frio segue fazendo intervenções no Estádio Correão, em São Cristóvão, com o objetivo de entregar à população cabo-friense o equipamento esportivo em condições de utilização para jogos oficiais. As arquibancadas foram pintadas, a cabine de imprensa foi reformulada, os guarda-corpos, que estavam deteriorados, foram todos trocados e as rampas de acesso às saídas de emergência, atrás dos gols, também foram refeitas.
O vestiário principal já foi remodelado e o dos visitantes está passando por ajustes finais, assim como os túneis de acesso aos bancos de reservas e ao gramado. Do lado oposto às arquibancadas, foram recolocados os três portões de saída de veículos de serviço.

Liberação para o Carioca depende de vistoria

A utilização do Estádio Correão para sediar os jogos da Cabofriense no Campeonato Carioca da Série A depende da vistoria do Departamento de Engenharia da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) e da liberação pelo Grupamento Especial de Policiamento de Estádios (GEPE).

“Estamos no aguardo desta vistoria. Enquanto isso, as obras seguem normalmente, tentando deixar o estádio em boas condições”, explicou Dirceu Xavier, administrador do Correão, que diariamente, acompanha de perto o andamento das reformas. Ele explicou que, além da vistoria, a Federação do Rio também ficou responsável pela reformulação do gramado não só do Correão e como dos demais gramados dos estádios das equipes de menor investimento.

Na tabela do Campeonato Carioca, o próximo domingo (27) prevê o jogo entre Cabofriense e Resende, no Correão, às 19h. No entanto, a partida depende da confirmação da Federação.
O secretário de Esporte e Lazer, Flávio Rebel, demonstrou otimismo em relação ao andamento do projeto. “Essa obra feita nesse primeiro momento é emergencial. Encontramos o Correão muito deteriorado e atacamos os pontos mais críticos. Queremos entregar à população o estádio recuperado. Temos outras coisas para fazer até deixar o Correão como o esportista merece”, explicou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here