“Observação Cabo Frio” realiza reunião com pescadores e catadores de guaiamum no 2º Distrito

A coordenadoria do Meio Ambiente da secretaria de Desenvolvimento participou, nesta segunda-feira (3), da reunião ordinária do “Observação Cabo Frio”, projeto de educação ambiental do Campo de Polvo, da Bacia de Campos. O encontro foi realizado no Parque Veneza, no Segundo Distrito de Cabo Frio.

O Observação é realizado sob a responsabilidade da PetroRio S.A. e tem como foco a constituição de observatórios para identificar, monitorar e encaminhar os impactos da cadeia produtiva de petróleo presentes nos municípios sob a influência do empreendimento Campo de Polvo. Em Cabo Frio, o projeto investiu na criação de uma equipe de educação ambiental com os pescadores e catadores de guaiamum e crustáceos no Rio São João.

Em todo o interior do Rio de Janeiro são nove observatórios, localizados nos municípios de Araruama, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Armação dos Búzios, Macaé, Niterói, Rio das Ostras, São João da Barra e São Francisco de Itabapoana, que fazem parte da Bacia de Campos. O projeto é voltado para representantes de pescadores artesanais, quilombolas, pequenos agricultores e movimento de mulheres, entre outros, constituindo as Associações Observação, na qual estão concentradas as atividades do plano de trabalho delineado para cada município.

“Cada Observatório escolhe as localidades e o grupo prioritário que passará a monitorar orientando e capacitando acerca transformações socioambientais relacionadas à cadeia produtiva de petróleo. Esse trabalho é realizado levando em conta as características culturais de cada grupo, tornando as informações muito mais acessíveis e de rápido entendimento, facilitando a participação das comunidades”, salientou o coordenador do Meio Ambiente Mario Flavio Moreira.

A próxima reunião do Observação Cabo Frio ainda não tem data confirmada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here