Polícia Civil faz operação contra quadrilha que falsificava documentos para venda de imóveis em Cabo Frio e no Rio

A Policia Civil faz, na manhã desta quinta-feira (13), uma operação para prender integrantes de uma quadrilha que fraudava documentos para vender terrenos em Cabo Frio e também na Zona Oeste do Rio.

Logo depois das 6h, os policiais prenderam a tabeliã Natália Maria Diniz Ribeiro em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Segundo os investigadores, ela era uma das integrantes da quadrilha e responsável pela falsificação da documentação.

O que mais chamou nossa atenção foi a participação de uma funcionária de um cartório de notas do Rio de Janeiro – ela dava credibilidade ao esquema. A vítima era levada ao cartório para fechar a compra do terreno. Essa funcionária do cartório, que é integrante da quadrilha, conferia toda a documentação e dava o ok para a vítima fazer o pagamento. Nesse momento, a vítima já estava sendo ludibriada, pagando milhares de Reais e achando que estava fazendo o negócio jurídico perfeito quando, na verdade, estava sendo vítima de um golpe”, explicou o delegado Ângelo Lages.

 

A polícia informou que, apenas com uma das vítimas, a quadrilha faturou R$ 200 mil.

Segundo os investigadores, além de facilitar a documentação no cartório, ela também ajudava a quadrilha a identificar quais terrenos poderiam ser usados no golpe, ajudando, inclusive, na escolha dos alvos do esquema.

A operação busca cumprir oito mandados de prisão e 14 de busca e apreensão. Até as 7h20, quatro pessoas já estavam presas – entre elas, um dos suspeitos que estava em São Paulo..

Além dos terrenos em Cabo Frio, os policiais descobriram que alguns terrenos na Zona Oeste do Rio estavam sendo vendidos com escrituras falsas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here