Prefeitura de Araruama divulga balanço da vacinação contra Covid-19 no município

A Prefeitura de Araruama fez um balanço sobre a vacinação contra a Covid-19 .
As doses são enviadas pelo Ministério da Saúde ao Estado e o mesmo fica responsável pela distribuição aos municípios.

Até agora já foram repassadas ao município de Araruama 6.240 doses da vacina Coronavac, o que corresponde a 3.120 pessoas, levando-se em conta a aplicação da segunda dose. Já em relação à Astrazeneca foram recebidas 3.140.

Nesta quinta-feira, 25, a Secretaria de Saúde registrou que 3.472 pessoas já foram imunizadas, isso corresponde a 2,5% da população da cidade, que hoje é de cerca de 140 mil habitantes.

Por isso, é preciso que os moradores tenham consciência e mantenham as medidas de distanciamento e uso de máscara de proteção.

A Prefeitura reforça que segue protocolo do Ministério da Saúde para a aplicação das doses, com respeito aos grupos prioritários.

O município já imunizou todos os profissionais de Saúde da linha de frente das Redes Municipal, Estadual, e Particular; todos os profissionais da Atenção Básica de Saúde, todos os asilados do município e os profissionais dessas instituições. Além disso, amanhã, 26, encerra a vacinação de idosos de 90 anos para cima.

De forma itinerante, através de agendamento por WhatsApp, idosos acamados de 80 anos para cima vem sendo vacinados nas suas casas.

E a ampliação vem se dando de forma gradual. Na próxima semana inicia-se a vacinação de idosos de 80 a 89 anos. Na segunda-feira, dia 01 de março, terá início com idosos de 89 e 88 anos, na terça-feira 87 e 86 anos, assim sucessivamente conforme cronograma divulgado pelo site oficial da prefeitura.

A vacinação dos idosos vem ocorrendo no Teatro municipal e na Subprefeitura do Distrito de São Vicente.

A imunização avança conforme o município vai recebendo as doses enviadas pelo Estado.

Vale reforçar que o município mantém todas essas informações atualizadas no site oficial da Prefeitura, com total transparência sobre a quantidade de doses recebidas, bem como a quantidade aplicada para cada grupo prioritário, seguindo a orientação do Ministério Público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here