Prefeitura de Arraial do Cabo e AREMAC debatem ações para temporada 2022

Uma comitiva da AREMAC, formada pelo presidente, Eraldo Cunha; o vice-presidente, Thiago Rodrigues; e o advogado Dr. Silvio Dorival Barreto Junior esteve esta semana em uma audiência com o prefeito de Arraial do Cabo, Marcelo Magno. Também participou da reunião o presidente da Fundação Instituto de Pesca da cidade (FIPAC), Rodrigo de Jesus Félix.

Na pauta do encontro, as preocupações com a chegada da alta temporada e o evidente recorde de turistas que a cidade deve registrar neste verão por conta da flexibilização das restrições sanitárias impostas nos últimos quase dois anos pela pandemia da Covid19. Uma das grandes preocupações é com o ordenamento da Marina dos Pescadores de onde saem os tradicionais passeios de barco.

O prefeito também demonstrou a sua insatisfação com o ordenamento dos píeres da Marina dos Pescadores, na Praia dos Anjos, e prometeu encaminhar soluções o mais breve possível. Outra questão levantada pela AREMAC foi em relação ao ordenamento das raias de embarque e desembarque de turistas na Praia do Forno e nas Prainhas do Pontal do Atalaia, que aliás já foi solicitada pela Capitania dos Portos, através de ofício. O ordenamento dos barracões de pesca no canto esquerdo da Praia Grande também foi tema da reunião.

A AREMAC, como Concessionária do Direito Real de Uso da Reserva Extrativista Marinha se preocupa com o aumento do fluxo de turistas e em salvaguardar as atividades da pesca artesanal em Arraial do Cabo, principalmente nas praias do Pontal, Grande, na Prainha, na Ilha do Farol e nas Prainhas do Pontal do Atalaia (pontos que recebem o maior fluxo de turistas na alta temporada) e espera que sejam realizadas mais ações de conscientização e fiscalização, para que os impactos sobre as atividades extrativistas sejam minimizados.

Ficou acordado que novas reuniões devem acontecer antes do fim do ano para que sejam implementadas ações e um cronograma de atividades a serem desenvolvidas para o verão de 2022. Neste sábado (04/12) a AREMAC fará um levantamento técnico dos resíduos (lixo) encontrados nas praias do município, em conjunto com o Projeto Mar Sem Lixo, que resultará em um relatório a ser encaminhado às autoridades municipais. O objetivo é também desenvolver ações de educação ambiental para reduzir a incidência de lixo nas praias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here