Prefeitura de Cabo Frio afirma que limpou 6,2 mil bueiros limpos desde o início do ano

O serviço de limpeza e desobstrução de galerias, bueiros e caixas de passagem, da rede de águas pluviais de Cabo Frio, realizado pela Prefeitura, desde o início do ano, já começou a demonstrar eficácia. Nos últimos dez meses, as equipes da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos já limparam 6.294 ralos nas ruas de diversos bairros de Cabo Frio e do distrito de Tamoios. O resultado é o escoamento da água da chuva, reduzindo os alagamentos e vazamentos.

A ação, que conta também com a parceria da Comsercaf, segue em diversos pontos do município. Nesta semana, o serviço está sendo realizado no Jardim Caiçara.

Além dos bueiros, a Prefeitura já realizou a limpeza e o desassoreamento de três canais de escoamento de águas pluviais. O primeiro foi o do Tangará, que atende também os bairros Caminho de Búzios, Reserva do Peró, Colinas do Peró, e os demais que ficam nas adjacências. O segundo foi o do Jardim Esperança, na região do bairro Monte Carlo (Minha Casa Minha Vida), por onde escoam as águas pluviais de todo o entorno. Nas últimas semanas, as equipes estão trabalhando no canal da Vila do Sol.

De acordo com a secretária de Obras e Serviços Públicos, a limpeza de bueiros e galerias deixou de ser realizada por muitos anos no município, o que prejudicou ainda mais a rede de escoamento das águas pluviais.

“Encontramos muitos bueiros, ralos e galerias completamente obstruídos, sem condições de escoar a água da chuva, causando alagamentos e prejuízos para muita gente. Os canais de escoamento do Tangará, do Jardim Esperança e da Vila do Sol não eram limpos há pelo menos 15 anos”, explica a secretária.

Ainda segundo Tita Calvet, em Cabo Frio, foram limpos 5.069 bueiros e, em Tamoios, 1225 até agora.

TROCA E MANUTENÇÃO DE MANILHAS

Além da limpeza, a Secretaria de Obras e Serviços Públicos está reformando várias caixas de passagem e trocando o manilhamento de diversas ruas. De acordo com a secretária, boa parte dos buracos nas ruas da cidade é provocada pelo afundamento da rede.

“Nesta semana trocamos duas manilhas, de 400 milímetros, na Avenida Bispo Almir dos Santos, no bairro Guarani. Nesta semana recebemos carregamento de tubos de PEAD, que vão substituir as manilhas. O que temos encontrado em diversos pontos da cidade é uma rede de escoamento de águas pluviais sobrecarregada, afundando em alguns pontos. Estamos recuperando as caixas de passagem, desobstruindo e trocando as manilhas, para depois fazer o recapeamento asfáltico. Em paralelo, estamos cobrando da Prolagos e da Agenersa, que é a Agência Reguladora de Energia e Saneamento, o investimento na rede separadora de esgoto”, finaliza Tita Calvet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here