Procon de Cabo Frio faz reunião com associações de pessoas com deficiência

A coordenadora geral do Procon de Cabo Frio, Mônica Bonioli, esteve reunida, na manhã desta quinta-feira (30), com representantes das associações de pessoas com deficiência (PcD), discutindo as dificuldades encontradas em relação ao consumo, com ênfase em transporte público, cinema, restaurantes, supermercados, bancos e escolas, dentre outros.

Participaram da reunião Adelina Araújo e Nilzete de Oliveira, da Associação dos Deficientes de Cabo Frio – Adecaf, Maria Cristina Barbosa pela Associação de Surdos – Asurlagos, Rubia Brasil, representando a APAE, Giselle Oliveira, do Centro de Inclusão Social de Deficientes Visuais – CISDV, e Vanubia Loper, pela Appaa Casa Azul – Associação de Pais, Profissionais e Amigos de Autistas.

Ficou acertado entre o Procon e as associações presentes o pronto atendimento do órgão de defesa do consumidor às pessoas com deficiência nos momentos de dificuldades, inclusive com o uso do poder de polícia administrativo do Procon frente aos prestadores de serviços e fornecedores de produtos com o fim de adaptação às necessidades.

As empresas mais citadas durante a reunião receberão ofícios da entidade apontando os problemas e cobrando soluções. A ata da reunião, contendo as denúncias e reclamações será encaminhada aos Ministérios Públicos Estadual e Federal.

“A reunião foi importante para abrir o campo de visão do Procon Cabo Frio, pois, apesar de lermos as leis, nada como ouvir os apontamentos diretamente daqueles que suportam o peso da falta de acessibilidade! A palavra-chave é ‘autonomia’. Fechamos parceria com as Associações sob o lema: ‘nada sobre nós, sem nós: da integração à inclusão’. Promoveremos outras reuniões no alinhamento das demandas apontadas pelas PcDs”, afirmou a coordenadora geral do Procon, Mônica Bonioli.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here